sicnot

Perfil

Economia

Oito em cada dez camiões estão a abastecer em Espanha

A Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) revelou hoje que 80% dos camiões dos seus associados estão a abastecer em Espanha, devido ao preço mais baixo dos combustíveis no país vizinho.

O camião foi encontrado abandonado no dia 27 de agosto, ao final da manhã, na berma de uma autoestrada perto de Parndorf, não muito longe da fronteira com a Hungria. (Arquivo)

O camião foi encontrado abandonado no dia 27 de agosto, ao final da manhã, na berma de uma autoestrada perto de Parndorf, não muito longe da fronteira com a Hungria. (Arquivo)

© Pascal Rossignol / Reuters

"Atualmente, Espanha é o país que mais garante o abastecimento aos transportadores portugueses", denunciou hoje a Antram, que fez um levantamento junto dos seus associados, segundo o qual cerca de 80% dos camiões nacionais abastecem no país vizinho.

Num total de 15.000 camiões de transporte de mercadorias dos associados da Antram, cerca de 12.000 estão a abastecer em Espanha, adianta a associação, com base num inquérito realizado recentemente junto das empresas que representa, explicou à Lusa o presidente da Antram, Gustavo Paulo Duarte.

"Apenas 10% o fazem em Portugal, seguido de França e Alemanha, com 5% cada", revela o mesmo inquérito às empresas de transporte de mercadorias, após o aumento do Imposto Sobre Produtos Petrolíferos em seis cêntimos por litro de gasóleo e de gasolina, em vigor desde meados de fevereiro.

Depois de falhadas as tentativas de negociação com o Governo, através do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, para minimizar o impacto do aumento do ISP, a Antram tem nova reunião agendada para 30 de março, com o ministro Adjunto, Eduardo Cabrita.

A Antram antecipa que a justificação do Governo para a medida se mantenha - compensar a queda preço do petróleo nas contas públicas: "Acontece que esta baixa se reflete em todos os países e, se em Portugal a carga fiscal for superior, as empresas portugueses deste setor terão necessariamente um custo de produção superior aos demais concorrentes europeus".

Na sequência dos encontros, o Governo propôs uma majoração do custo com o combustível em 20%, em sede de IRC, o que a Antram rejeitou por considerar que "não permite atingir o valor que as empresas terão que suportar com o aumento do ISP".

Mais do que não sofrer este agravamento, as associações querem que o preço dos combustíveis, que representa 35% dos custos das empresas do setor, seja equiparado ao praticado em Espanha, o que deverá ocorrer através da devolução do ISP, com base no consumo real de combustível.

Lusa

  • Cada vez mais portugueses abastecem em Espanha
    1:59

    Economia

    Com o aumento do preço dos combustíveis cada vez mais portugueses atravessam a fronteira para abastecer em Espanha. Se algumas bombas de combustível do lado português já quase não têm clientes, a presença de matrículas portuguesas no país vizinho é uma constante.

  • Abastecer em Espanha rende 20 euros num depósito de um carro
    2:23

    Economia

    Para os portugueses que vão abastecer de combustível a Espanha a diferença de preços é compensadora. A diferença pode chegar aos 20 euros por depósito num automóvel e aos 300 euros num camião. Neste altura, os condutores portugueses estarão já a deixar cerca de um milhão de euros por dia nos postos de combustível do outro lado da fronteira.

  • Portugueses ignoram apelo do ministro e abastecem em Espanha
    3:17

    Economia

    O apelo lançado aos portugueses pelo ministro da Economia, para que não abasteçam em Espanha, não convenceu os automobilistas. Quem vive perto da fronteira continua a ter vantagem em abastecer do lado de lá. O gasóleo é mais barato, em média, 25 cêntimos e a gasolina 30.

  • As diferenças de abastecer em Portugal ou em Espanha
    3:06

    Economia

    O agravamento do imposto sobre os combustíveis acentuou ainda mais a diferença de preços entre Portugal e Espanha. Quem vive junto da fronteira tem agora uma vantagem ainda maior se abastecer do lado de lá. A diferença média no preço do gasóleo é de 25 cêntimos e chega a ser de 30 na gasolina.

  • Partidos vão apresentar propostas alternativas à descida da TSU
    2:52

    TSU

    O Presidente da República defende a redução da Taxa Social Única mas deixa a porta aberta a outra via para compensar o aumento do salário mínimo. PCP e Bloco de Esquerda insistem que não pode haver contrapartidas que estimulem os salários baixos mas admitem outras formas de aliviar as empresas. À direita, também o CDS irá apresentar propostas.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.