sicnot

Perfil

Economia

Ministro do Trabalho reúne-se com sindicatos

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, reúne-se hoje com os sindicatos por causa das rescisões no Novo Banco.

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

ANT\303\223NIO COTRIM

A reunião visa esclarecer o pagamento do subsídio de desemprego a todos os trabalhadores do Novo Banco que aceitaram as rescisões por mútuo acordo.

No encontro com o governante participam o secretário-geral da UGT, Carlos Silva, e os líderes dos sindicatos da Federação Nacional do Setor Financeiro, ou Febase.

A Comissão Nacional de Trabalhadores (CNT) do Novo Banco revelou na semana passada que mais de 500 pessoas já tinham sido chamadas para reuniões com responsáveis pelos recursos humanos para conhecerem as condições da rescisão de contrato.

A 14 de março, o Novo Banco informou os trabalhadores que já tinha dado início às rescisões por mútuo acordo com as quais pretende reduzir cerca de 500 postos de trabalho.

Lusa

  • Novo Banco admite avançar para despedimento coletivo
    7:06

    Edição da Manhã

    A administração do Novo Banco que admite avançar para um despedimento coletivo, as explicação pedidas pelo PSD do alegado envolvimento do Primeiro-ministro nos negócios entre a empresária angolana Isabel dos Santos e o setor bancário e o Ministério iraquiano do Petróleo que pretende aumentar a receita dos recursos de gás e de petróleo na análise de João Palma-Ferreira, jornalista do Expresso.

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22