sicnot

Perfil

Economia

Famílias gastam em média 130 € em livros por filho e quase nunca reutilizam

As famílias numerosas compram uma média de seis manuais escolares por filho e gastam uma média de 130 euros por criança, segundo um barómetro enviado hoje ao Ministério da Educação pela associação que representa estas famílias.

(SIC/ Arquivo)

Segundo o inquérito feito pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN) entre novembro de 2015 e fevereiro deste ano a quase 500 famílias, é no terceiro ciclo do ensino básico (7.º ao 9.º anos) que são comprados mais livros escolares, entre oito e nove.

É no 9.º e 10.º anos de escolaridade que o encargo com livros é mais pesado, com uma média de 203 e 220 euros respetivamente.

Com o inquérito, a associação concluiu que o número médio de manuais reutilizados é de apenas um. No 1.º ciclo o número médio de reutilizações não chega sequer a um, enquanto nos 6.º, 7.º e 11.º anos consegue atingir a média de dois livros reutilizados.

O facto de os alunos escreverem nos próprios manuais e respetivas correções pelos professores em caneta surge como a principal razão apontada pelas famílias para não reutilizar livros no 1.º ciclo.

Alteração de conteúdos programáticos e metas curriculares surge como a segunda causa mais apontada para a não reutilização, seguida de ser o primeiro filho a frequentar a escola e do desconhecimento onde encontrar manuais para voltar a usar.

"A APFN aplaude todas as medidas que constituam uma redução do peso excessivo da educação nos orçamentos das famílias e sublinha a importância da reutilização dos manuais escolares", refere uma nota da associação, acrescentando que o reaproveitamento de recursos pode permitir que se alargue a gratuitidade de manuais escolares decidida este mês no Parlamento para o 1º ano aos restantes anos do 1º ciclo, "e mais tarde aos restantes ciclos, onde aliás se verifica o maior peso dos orçamentos familiares".

Sobre os gastos médios com manuais, o valor mais baixo é o segundo ano, com 63,14 euros, e o ano com maiores encargos é o 10.º ano com 220,80 euros. De todas as oscilações de valor gasto em média em cada ano, o inquérito concluiu que por filho uma família gastará em média 130 euros em manuais escolares.

Lusa

  • Manuais escolares vão mesmo ser gratuitos no 1º ano

    País

    Os livros do 1º ano vão passar a ser gratuitos a partir do próximo ano letivo. A medida vai custar três milhões de euros aos cofres do Estado e abrange perto de 100 mil crianças. O Governo deu luz verde à proposta apresentada pelo PCP. Até ao final da legislatura, o Executivo de António Costa quer extender a medida a todos os ciclos do ensino público.

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.