sicnot

Perfil

Economia

Portugal vai hoje ao mercado para emitir até 1.000M€ em Obrigações do Tesouro

Portugal volta hoje ao mercado para a segunda emissão de longo prazo do trimestre, esperando arrecadar até 1.000 milhões de euros através de dois leilões de Obrigações do Tesouro, com maturidade a cinco e a 14 anos.

Segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), a emissão vai ocorrer pelas 10:30 e as Obrigações do Tesouro (OT) têm maturidades em 15 de abril de 2021 e 15 de fevereiro de 2030, com um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

No último leilão de OT comparável a cinco anos, que ocorreu a 09 de março, o IGCP colocou 594 milhões de euros a uma taxa de juro de 2,03%.

É preciso recuar a 2010 para encontrar um leilão de OT com maturidade próxima dos 14 anos. A 28 de julho desse ano, Portugal colocou 681 milhões de euros em OT com maturidade em outubro de 2023 (13 anos), a uma taxa de juro média de 5,377%.

Mais recentemente, o IGCP tem optado por realizar leilões de OT a 10 anos - e no último com esta maturidade, que ocorreu também a 09 de março, conseguiu colocar 621 milhões de euros a uma taxa de juro de 3,13% - ou com maturidades superiores, com destaque para uma emissão a 22 anos, que ocorreu em outubro do ano passado.

Nesse leilão, Portugal colocou 350 milhões de euros a uma taxa de juro 3,23%.

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC