sicnot

Perfil

Economia

Violência em França em protestos contra reforma da lei do trabalho

galeria de fotos

Manifestações de estudantes em Paris e em Nantes (oeste) contra a reforma da lei do trabalho degeneraram hoje em violência, com duas viaturas incendiadas e pelo menos 24 pessoas detidas, disse fonte policial à agência France Presse.

© Gonzalo Fuentes / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Gonzalo Fuentes / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Benoit Tessier / Reuters

© Gonzalo Fuentes / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Stephane Mahe / Reuters

© Benoit Tessier / Reuters

© Benoit Tessier / Reuters

Nas duas cidades, a polícia utilizou gás lacrimogéneo para dispersar os jovens, alguns dos quais encapuzados.

Em Paris, o protesto junto entre 4.800 a 5.200 pessoas, segundo a fonte, e pelo menos dois polícias foram feridos.

Em Nantes, a manifestação juntou entre 6.000 e 8.000 pessoas, e a polícia interveio depois de vários jovens terem lançado garrafas contra os agentes e despejado caixotes de lixo, acrescentou.

Há protestos a decorrer também em Rennes (oeste) e em Marselha (sul).

A reforma da lei do trabalho, adotada hoje de manhã pelo Conselho de Ministros, é contestada há várias semanas por conter medidas consideradas demasiado liberais.

As manifestações foram convocadas por sete sindicatos e organizações de juventude.

O desemprego em França, de cerca de 10%, afeta especialmente os jovens, entre os quais a taxa é de 25%.

Na semana passada, milhares de estudantes participaram em greves que paralisaram dezenas de escolas e universidades em todo o país.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.