sicnot

Perfil

Economia

Presidente dirige-se hoje ao país para explicar promulgação do Orçamento

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar hoje ao país sobre o Orçamento do Estado para 2016, às 17h00.

O novo Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, assina o Livro de Honra do Mosteiro dos Jerónimos, momentos antes de depositar coroas de flores nos túmulos de Luís Vaz de Camões e de Vasco da Gama, no âmbito das cerimónias de tomada de posse como Presidente, no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa

O novo Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, assina o Livro de Honra do Mosteiro dos Jerónimos, momentos antes de depositar coroas de flores nos túmulos de Luís Vaz de Camões e de Vasco da Gama, no âmbito das cerimónias de tomada de posse como Presidente, no Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa

O Orçamento do Estado para 2016 foi aprovado no parlamento em votação final global a 16 de março, com votos favoráveis de PS, BE, PCP e PEV, a abstenção do PAN e votos contra de PSD e CDS-PP, e chegou a Belém para promulgação na quinta-feira, dia 24.

No sábado, durante uma visita à prisão feminina de Tires, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu a importância de haver orçamento em vigor e disse que iria falar "muito brevemente" aos portugueses sobre a sua decisão.

"É com certeza para a semana, porque há um ponto fundamental: é importante para os portugueses que haja Orçamento. Portanto, não se deve diferir aquilo que deve ser feito mais cedo", declarou.

Quanto ao conteúdo do diploma, o chefe de Estado referiu que já "ia acompanhando os trabalhos de elaboração do Orçamento" e que, por isso, o processo de análise que estava a fazer era "uma confirmação, no essencial, daquilo que já conhecia".

Durante a campanha para as eleições presidenciais de 24 de janeiro, Marcelo Rebelo de Sousa prometeu que, se fosse eleito, iria fazer "os possíveis e os impossíveis" para que o Orçamento do Estado para 2016 tivesse "pés para andar", e defendeu que o processo orçamental deveria ser acelerado, se possível.

"Tudo o que seja acelerar é bom, porque em vez de entrar em vigor mais tarde entra em aplicação mais cedo", afirmou, na altura.

Com Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.