sicnot

Perfil

Economia

Fatura da Sorte sorteia dívida pública a partir de amanhã

A portaria que regula as novas regras do sorteio Fatura da Sorte, que vai passar a atribuir Certificados do Tesouro Poupança Mais e não automóveis, foi publicada em Diário da República e deverá entrar em vigor na sexta-feira.

A portaria hoje publicada dá assim seguimento ao decreto-lei que já tinha sido divulgado pelo Ministério das Finanças, em que a tutela tinha afirmado que a mudança do prémio para produtos de poupança é uma "simplificação dos procedimentos" e também uma forma de "estimular o aforro das famílias e promover os produtos de poupança do Estado".

Nessa altura, o Governo indicou abril para a entrada em vigor das novas regras.

Além disso, a mudança de prémios, segundo o Governo, continua a prosseguir o objetivo de "promoção da cidadania fiscal dos contribuintes no combate à economia informal e na prevenção da evasão fiscal".

Ao longo dos últimos dois anos, este sorteio atribuiu automóveis topo de gama aos contribuintes premiados, um prémio que agora vai passar a ser títulos de dívida pública.

O sorteio tem concursos regulares, que se realiza semanalmente, e tem um concurso semestral, que se realiza nos meses de junho e de dezembro.

Os prémios serão Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM) no valor de 35.000 euros (montante já líquido de imposto do selo) e nos concursos regulares.

Nos concursos extraordinários, serão atribuídos CTPM no valor de 50.000 euros (também líquidos do imposto do selo).

O sorteio Fatura da Sorte foi criado pelo governo de Pedro Passos Coelho em 2014 para incentivar os contribuintes a pedirem fatura com o número de identificação fiscal.

No ano passado, foram sorteados 52 automóveis de gama alta e, no final do ano, ainda mais três automóveis Audi A6 no sorteio extraordinário de 30 de dezembro.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.