sicnot

Perfil

Economia

China confiante que reforma fiscal vai fortalecer a economia

O Governo chinês previu esta terça-feira "complicações" na reforma fiscal que encetará a partir de maio, mas renovou a confiança de que o corte de 500.000 yuan, cerca de 77.400 milhões de euros, nos impostos em 2016 fortalecerá a economia.

Andy Wong

A reforma visa eliminar os impostos sobre o volume de negócios das empresas, aplicando antes o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), nos setores da construção, imobiliário, finanças e serviços, afirmou hoje o vice-ministro das Finanças chinês, Shi Yaobin.

No conjunto, a reforma afetará onze milhões de empresas.

Shi assinalou que os quatro setores referidos representam 80% da receita fiscal do Estado.

"Estes quatro setores são mais complexos e atraem maior atenção pública", assinalou o vice-ministro das Finanças, sublinhando a complexidade do que qualificou como uma "batalha da reforma" económica no país.

Os onze milhões de empresas sobre as quais será aplicado o IVA a partir de maio representam quase o dobro das que foram já sujeitas à reforma fiscal e que incluem os setores dos transportes, telecomunicações ou serviços culturais.

Com esta medida, o Governo visa introduzir a propriedade imobiliária das empresas no esquema de deduções contemplado no IVA, de forma a reduzir a carga fiscal.

Segundo o vice-ministro, a reforma permitirá injetar "novo vigor" na economia e "beneficiar o crescimento económico".

Lusa

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.