sicnot

Perfil

Economia

Aeroporto de Beja quase ao abandono 5 anos após inauguração

Aeroporto de Beja quase ao abandono 5 anos após inauguração

O aeroporto de Beja faz 5 anos, custou 33 milões de euros e está quase ao abandono. Nenhuma companhia de voos regulares mostrou interesse em voar para lá. O número de passageiros recebidos até hoje é tão pequeno que as entidades oficiais nem dizem qual é.

  • Aeroporto de Beja não desperta interesse
    2:12

    Economia

    Nenhuma companhia aérea de voos regulares mostrou interesse em usar o aeroporto de Beja. A ANA atribui o desinteresse à suspensão de projetos turísticos para o Alentejo. Mas na região critica-se a falta de vontade política para desenvolver o interior.

  • Aeroporto de Beja deverá passar a ter voos semanais para Paris a partir de maio

    País

    O aeroporto de Beja deverá passar a ter voos semanais para Paris a partir do próximo mês de maio. A operação de voos "charter" tinha sido anunciada em setembro do ano passado e deveria arrancar por esta altura mas foi adiada para maio. Inaugurado há três anos, o aeroporto de Beja recebeu seis mil e 600 passageiros no total. O investimento foi de 33 milhões de euros.

  • Beja gastou 54 milhões em aeroporto e novos investimentos
    16:25

    Economia

    A SIC foi fazer contas aos custos que o distrito de Beja investiu nos últimos anos. Beja gastou, no total, 54 milhões de euros em três grandes projetos: o aeroporto de Beja, a Escola Superior de Gestão, do Instituto Politécnico, e o parque de feiras que recebe apenas uma feira de expressão nacional, a Ovibeja. A autarquia diz que são obras de interesse e estratégia nacional mas o politécnico de Beja admite que a obra é demasiado grande e a ANA e a região ainda tentam promover o aeroporto junto de potenciais clientes. A viagem da SIC terminou na estação de comboios cuja linha não está eletrificada e não tem ligação a Lisboa.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.