sicnot

Perfil

Economia

Aeroporto de Beja quase ao abandono 5 anos após inauguração

Aeroporto de Beja quase ao abandono 5 anos após inauguração

O aeroporto de Beja faz 5 anos, custou 33 milões de euros e está quase ao abandono. Nenhuma companhia de voos regulares mostrou interesse em voar para lá. O número de passageiros recebidos até hoje é tão pequeno que as entidades oficiais nem dizem qual é.

  • Aeroporto de Beja não desperta interesse
    2:12

    Economia

    Nenhuma companhia aérea de voos regulares mostrou interesse em usar o aeroporto de Beja. A ANA atribui o desinteresse à suspensão de projetos turísticos para o Alentejo. Mas na região critica-se a falta de vontade política para desenvolver o interior.

  • Aeroporto de Beja deverá passar a ter voos semanais para Paris a partir de maio

    País

    O aeroporto de Beja deverá passar a ter voos semanais para Paris a partir do próximo mês de maio. A operação de voos "charter" tinha sido anunciada em setembro do ano passado e deveria arrancar por esta altura mas foi adiada para maio. Inaugurado há três anos, o aeroporto de Beja recebeu seis mil e 600 passageiros no total. O investimento foi de 33 milhões de euros.

  • Beja gastou 54 milhões em aeroporto e novos investimentos
    16:25

    Economia

    A SIC foi fazer contas aos custos que o distrito de Beja investiu nos últimos anos. Beja gastou, no total, 54 milhões de euros em três grandes projetos: o aeroporto de Beja, a Escola Superior de Gestão, do Instituto Politécnico, e o parque de feiras que recebe apenas uma feira de expressão nacional, a Ovibeja. A autarquia diz que são obras de interesse e estratégia nacional mas o politécnico de Beja admite que a obra é demasiado grande e a ANA e a região ainda tentam promover o aeroporto junto de potenciais clientes. A viagem da SIC terminou na estação de comboios cuja linha não está eletrificada e não tem ligação a Lisboa.

  • O encontro emocionado de Marcelo com a mãe de uma das vítimas dos fogos
    0:30
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • "O fogo chegou de repente. Foi um demónio"
    2:15
  • O desabafo de um empresário que perdeu "uma vida inteira de trabalho" no fogo
    2:08
  • O testemunho emocionado de quem perdeu quase tudo
    2:10
  • As comunicações entre operacionais no combate às chamas em Viseu
    2:27
  • Houve "erros defensivos que normalmente a equipa não comete"
    0:38

    Desporto

    No final do jogo, quando questionado sobre a ausência de Casillas no onze do FC Porto, Sérgio Conceição referiu que a equipa apresentada era aquela que lhe oferecia garantias. Quanto ao jogo, o treinador portista reconheceu que a equipa cometeu vários erros defensivos.

  • "Cometemos erros e há que tentar corrigi-los"
    0:41

    Desporto

    No final do jogo em Leipzig, Iván Marcano desvalorizou a ausência de Iker Casillas e entendeu que o facto de o guarda-redes ter ficado no banco não teve impacto na equipa. Já sobre o jogo, o central espanhol garantiu que não correu da forma como os jogadores esperavam.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.