sicnot

Perfil

Economia

"Portugal não pode pagar 200 M€ em prestações sociais indevidamente"

"Portugal não pode pagar 200 M€ em prestações sociais indevidamente"

De acordo com o ministro do Trabalho e da Segurança Social, em 2015, o Estado pagou indevidamente 200 milhões de euros em prestações sociais. Destes, 103 milhões de euros foram gastos no subsídio de desemprego e 36 milhões de euros no abono de família.

Vieira da Silva avançou esta manhã no Parlamento que o Governo se prepara para apertar as regras de modo a combater a fraude e a evasão contributiva.

O ministro reconheceu que o subsídio de desemprego é a prestação social mais suscetível à fraude e admitiu a possibilidade de alterar as regras de apresentação periódica dos desempregados.

O Governo vai fazer uma revisão completa da legislação sobre o Rendimento Social de Inserção (RSI), em prol da transparência na atribuição desta prestação.

  • Combate à precariedade laboral é uma prioridade do Governo
    2:22

    Economia

    O Governo definiu esta manhã como prioridade o combate aos falsos recibos verdes e a outras formas precárias de trabalho. O ministro de Trabalho Vieira da Silva participou no debate agendado pelo PCP, onde denunciou o facto de apenas 20% dos contratos celebrados nos últimos três meses serem permanentes. O Governo prometeu reduzir progressivamente o recurso a empresas de trabalho temporário.

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02