sicnot

Perfil

Economia

"Portugal não pode pagar 200 M€ em prestações sociais indevidamente"

"Portugal não pode pagar 200 M€ em prestações sociais indevidamente"

De acordo com o ministro do Trabalho e da Segurança Social, em 2015, o Estado pagou indevidamente 200 milhões de euros em prestações sociais. Destes, 103 milhões de euros foram gastos no subsídio de desemprego e 36 milhões de euros no abono de família.

Vieira da Silva avançou esta manhã no Parlamento que o Governo se prepara para apertar as regras de modo a combater a fraude e a evasão contributiva.

O ministro reconheceu que o subsídio de desemprego é a prestação social mais suscetível à fraude e admitiu a possibilidade de alterar as regras de apresentação periódica dos desempregados.

O Governo vai fazer uma revisão completa da legislação sobre o Rendimento Social de Inserção (RSI), em prol da transparência na atribuição desta prestação.

  • Combate à precariedade laboral é uma prioridade do Governo
    2:22

    Economia

    O Governo definiu esta manhã como prioridade o combate aos falsos recibos verdes e a outras formas precárias de trabalho. O ministro de Trabalho Vieira da Silva participou no debate agendado pelo PCP, onde denunciou o facto de apenas 20% dos contratos celebrados nos últimos três meses serem permanentes. O Governo prometeu reduzir progressivamente o recurso a empresas de trabalho temporário.

  • Debate quinzenal no Parlamento: veja em direto e comente

    País

    As políticas de descentralização foram o tema escolhido pelo Governo para o debate quinzenal, mas a situação na Caixa Geral de Depósitos também deve marcar os trabalhos na Assembleia da República. Acompanhe aqui a discussão e participe no Minuto a Minuto SIC/Parlamento Global.

    Direto

  • Prioridades para a CGD: cortar custos e aumentar receitas
    2:16

    Caso CGD

    O principal objetivo do plano estratégico para a Caixa Geral de Depósitos, a que a SIC teve acesso, é cortar custos e aumentar receitas. A grande aposta da nova administração passa por apertar as regras para emprestar dinheiro e, por outro lado, recuperar o crédito que não está a ser pago.

  • Turismo da Madeira investe mais de 3 milhões de euros no programa de festas
    2:22

    País

    A Madeira já vive a época de Natal. O turismo da região investiu mais de 3 milhões de euros no programa de festas de Natal e Fim de Ano para atrair os turistas. Os residentes e também turistas aproveitam para desfrutar do ambiente mágico proporcionado pelas tradicionais iluminações à mistura com as decorações e gastronomia típicas da quadra.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.