sicnot

Perfil

Economia

Valor do crédito concedido aumenta 25,8% para 448 M€ em fevereiro

O montante do crédito concedido aumentou 25,8% em fevereiro face ao período homólogo, para 447,954 milhões de euros, tendo o valor dos empréstimos para educação e saúde praticamente duplicado, segundo dados hoje divulgados pelo Banco de Portugal (BdP).

REUTERS

De acordo com os dados mais recentes do BdP, em fevereiro foram efetuados 113.252 novos contratos de crédito aos consumidores, mais 15,5% do que no mesmo mês de 2014 e mais 9,2% do que no mês anterior (janeiro).

Estes novos contratos celebrados corresponderam a um montante global de 447,954 milhões de euros, o que representa um crescimento de 25,8% em termos homólogos e de 16,3% em cadeia.

Numa análise por tipo de crédito, verifica-se que o crédito pessoal com finalidade 'educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos' foi o que apresentou a maior subida, com o número de novos contratos a aumentarem 329,8% em termos homólogos e 24,2% face a janeiro, para um total de 692 contratos, e o respetivo valor a subir 99,8% em termos homólogos e 4,2% em cadeia, para 3,213 milhões de euros.

Já os créditos pessoais 'sem finalidade específica, lar, consolidado e com outras finalidades' aumentaram, em número, 12,7% homólogos e 13,9% em cadeia e, em montante, subiram 21,6% face a fevereiro de 2015 e 23,9% face ao mês anterior, para 200,500 milhões de euros.

No que respeita ao crédito automóvel, o montante dos novos contratos efetuados (incluindo de locação financeira ou ALD e contratos com reserva de propriedade, para carros novos e usados), aumentou 35,55% em termos homólogos, somando 156,519 milhões de euros.

Quanto aos novos contratos de crédito relativos a cartões de crédito, linhas de crédito, contas correntes bancárias e facilidades de descoberto, viram o respetivo montante aumentar 18,2% em fevereiro face ao mesmo mês de 2015 e subir 10,3% face a janeiro.

Lusa

  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21