sicnot

Perfil

Economia

Caiu acordo do BPI

Caiu o acordo anunciado há uma semana relativo ao BPI. O anúncio é feito num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários em que o banco responsabiliza a angolana Isabel dos Santos.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Em comunicado à CMVM, o BPI anunciou hoje que "ficou sem efeito o entendimento que foi anunciado ao mercado no passado dia 10 de Abril e a solução que no quadro do mesmo estava prevista" e que "está em contacto com o Banco Central Europeu para ser encontrada uma alternativa".

A administração do Banco BPI realça que a Santoro Finance, controlada pela empresária angolana Isabel dos Santos, "desrespeitou o que tinha acordado [com o espanhol CaixaBank] e veio a solicitar alterações aos documentos contratuais".

O acordo tinha sido anunciado há uma semana, mas ontem Isabel dos Santos veio dizer que há elementos pendentes que precisam ser resolvidos.

Estes dois acionistas do BPI - o Caixabank, com 44,10% do capital social do banco e a Santoro com 18,58% - tinham até ao final do dia de domingo passado para chegar a um acordo que cumprisse a redução do excesso de exposição a Angola estipulada pelo BCE.

Na segunda-feira, a CMVM suspendeu a negociação das ações do banco na bolsa de Lisboa até à divulgação de mais informações sobre o acordo fechado. A suspensão da negociação dos títulos do BPI manteve-se durante toda a semana e os detalhes do acordo anunciado pelo banco português ainda não eram conhecidos.

O BPI revelou hoje que o seu Conselho de Administração se reuniu nos dias 10 e 13 de abril e aprovou, por unanimidade, a realização das operações em que o próprio banco deveria intervir, bem como os documentos contratuais acordados entre as partes e a elas respeitantes e que foi também aprovada a convocação de uma reunião magna de acionistas para aprovar estas operações.

Mas o banco português sublinhou que a Santoro Finance, já depois do dia 10, quis alterar os termos do acordo que tinha alcançado com o CaixaBank.

Segundo o BPI, ainda foi possível, relativamente a algumas alterações pedidas pela holding de Isabel dos Santos, chegar a um acordo. "Porém, uma das alterações solicitadas, pela sua relevância, iria desfigurar gravemente a solução que fora acordada e comunicada ao Conselho de Administração do Banco BPI, que a aprovou em reunião realizada no dia 13 de abril", vincou.

Última atualização às 15:42/Com Lusa

  • BPI, Angola e Espanha: principais momentos

    Economia

    A administração do BPI anunciou hoje que ficou sem efeito o acordo que tinha sido estabelecido entre os seus dois maiores acionistas, CaixaBank e Santoro Finance, para resolver o problema da elevada exposição do banco português a Angola. Eis os principais momentos da relação do BPI com Angola e Espanha:

  • António Costa lamenta queda de acordo no BPI
    1:16

    Economia

    O primeiro-ministro lamentou hoje que a Santoro e o Caixabank não tenham chegado a acordo sobre o BPI. Ainda assim, António Costa está confiante e lembra que as exigências do Banco Central Europeu são para cumprir.

  • Negociações do Caixabank com BPI ainda não estão fechadas
    1:15

    Economia

    As negociações com o BPI ainda não estão fechadas. A revelação foi feita por Isabel dos Santos, através de um comunicado da Santoro, a empresa que a representa. A empresária disse que há "elementos pendentes" que precisam de ser resolvidos, o que contraria o anúncio de acordo que o banco fez na semana passada.

  • "Estou a ser posta porta fora (...) faço o que vocês me disserem"
    2:43
  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Rapper XXXTentacion morto em aparente tentativa de roubo

    Cultura

    O rapper norte-americano XXXTentacion, de 20 anos, morreu na noite de segunda-feira depois de ter sido baleado, na Florida, no sudeste dos Estados Unidos. Um dos suspeitos terá disparado e atingido o rapper e, de seguida, dois suspeitos fugiram numa viatura escura. A polícia está a considerar tentativa de roubo.

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.