sicnot

Perfil

Economia

Caixabank avança com OPA ao BPI

Nas próximas horas, o CaixaBank vai lançar uma oferta pública de aquisição sobre a totalidade do capital do BPI. A informação é avançada por vários jornais. A OPA surge na sequência da ruptura do acordo com a Santoro de Isabel dos Santos, que possui 21% do banco português. Sabe-se também que o Governo enviou para o Presidente da República uma alteração à lei da desblindagem.

O processo legislativo foi antecedido de um estudo do Banco de Portugal, enviado ao Governo a 17 de Fevereiro e no qual se informa que vigoram limitação de direitos de voto em oito instituições financeiras.

Sobre o anteprojeto de diploma, foram solicitados, a 29 de fevereiro, pareceres ao Bando de Portugal, à CMVM e à Associação Portuguesa de Bancos. Esta associação fez saber que não se pronunciaria enquanto conjunto mas os associados que o pretendessem podiam fazê-lo. E nesse sentido, foram recebidos comentários do BPI e do BCP.

Para evitar que o diploma condicionasse as negociações em curso, o Governo aguardou pela sua conclusão.

A conclusão das negociações foi anunciada a 10 de junho, quatro dias depois o Governo aprovou o diploma e enviou-o ao Presidente da República para promulgação. Se for promulgado só entra em vigor a 1 de Julho, data a que acresce a norma transitória de seis meses para atuais estatutos.

  • Governo enviou para Belém diploma que acaba com limitação dos direitos de voto
    2:06

    Economia

    Não há acordo entre o BPI e Isabel dos Santos. O banco acusa a empresária angolana de desrespeitar o que tinha sido acordado. O primeiro-ministro, António Costa, lamenta mas acredita que o BPI vai encontrar uma solução para responder às exigências do BCE. A SIC sabe que o Governo se prepara para resolver o assunto de outra forma, já terá seguido para Belém um diploma que acaba com a limitação dos direitos de voto e abre caminho a uma OPA do Caixabank.

  • Porque falhou o acordo no BPI
    1:53

    José Gomes Ferreira

    Isabel dos Santos fez cair o acordo que já tinha com o Caixabank no BPI porque o Banco de Portugal e o Banco Central Europeu não deram ainda luz verde aos nomes escolhidos para a administração de outro banco, o banco BIC. A espera não agradou à filha de José Eduardo dos Santos, que atira assim ao chão um acordo que já estava fechado.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.