sicnot

Perfil

Economia

Revendedores de combustíveis aguardam informação sobre descontos no gasóleo

A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC) disse hoje à Lusa que aguarda informação oficial sobre a introdução de descontos nos combustíveis em postos de gasolina em zonas froenteiriças, remetendo para quarta-feira uma tomada de posição.

O Executivo vai criar descontos para as transportadoras de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT do interior.

O Executivo vai criar descontos para as transportadoras de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT do interior.

"O Governo não nos disse nada. Nós ainda não dialogamos com ninguém, fomos apanhados de surpresa e estamos ainda a estudar a questão", disse à Lusa António Costa, presidente da ANAREC.

"Decidimos que, neste momento, não há muito a falar. Temos de perceber muito bem tudo isto e remetemos para amanhã [quarta-feira] a nossa tomada de posição" sublinhou o responsável pela associação, acrescentando que vai reunir-se ainda hoje para analisar a decisão do Governo.

Na segunda-feira, o ministro Adjunto, Eduardo Cabrita disse à Lusa que o Executivo vai criar descontos para as transportadoras de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT do interior.

No final de uma reunião com duas associações que representam as empresas de transporte de mercadorias (a ANTRAM e a ANTP), Eduardo Cabrita disse que foi analisada a evolução dos preços dos combustíveis, tendo em conta uma primeira atualização do Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) em maio, adiantando que "se fosse hoje, haveria uma descida", mas que será feita uma avaliação "nas próximas semanas.

Entretanto, a Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas (ANTP) considerou hoje "uma pequena vitória" a criação de descontos nos combustíveis para os veículos de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT do interior.

"É uma pequena vitória daquilo que os transportadores sempre quiseram", disse hoje à Lusa Márcio Lopes, presidente da Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.