sicnot

Perfil

Economia

Antecipar cenários "é um papel para os analistas nas instituições internacionais"

Antecipar cenários "é um papel para os analistas nas instituições internacionais"

O Programa de Estabilidade vai ser aprovado amanhã em Conselho de Ministros. hoje no parlamento, Manuel Caldeira Cabral não quis antecipar o cenário macroecnómico traçado pelo documento. Se é ou não optimista, o ministro da economia diz apenas que especular e fazer projecções é trabalho para os analistas das instituições internacionais e não para o Governo.

De acordo com a meta meta que consta no Programa de Estabilidade, o Governo prevê que o défice no próximo ano fique em 1,4% do PIB.

A previsão de crescimento económico para este ano mantém-se em 1,8%. É o mesmo valor previsto para o próximo ano e que fica muito abaixo dos 3,1% definidos no programa do PS.

As linhas gerais do Programa de Estabilidade foram ontem apresentadas pelo Governo ao Bloco de Esquerda e ao PCP.

O executivo garantiu que o programa não tem medidas adicionais e respeita os compromissos assumidos com a esquerda no Parlamento.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.