sicnot

Perfil

Economia

António Costa garante que não vai haver aumento de impostos

António Costa garante que não vai haver aumento de impostos

António Costa garante que não vai haver aumento de impostos e nem alterações fiscais previstas no Programa de Estabilidade. Esta noite, à saída de uma reunião com o grupo parlamentar do PS, o primeiro-ministro antecipou o que vai ser aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros, afastando medidas "surpresa".

Estas posições foram assumidas por António Costa no final de uma reunião de hora e meia com a bancada socialista na Assembleia da República, antes da aprovação na quinta-feira, em Conselho de Ministros, dos programas Nacionais de Reformas e de Estabilidade - documentos que serão discutidos no parlamento no dia 27 e que terão de ser entregues em Bruxelas até ao final do mês.

O líder do PS e primeiro-ministro recusou a existência de medidas para aumentar impostos e disse mesmo que a descida do IVA da restauração de 23 para 13 por cento, em julho próximo, "não está em cima da mesa", porque "já está mesmo publicada em Diário da República".

"A descida do IVA da restauração está no Orçamento do Estado para 2016, foi aprovada pela Assembleia da República, foi promulgada pelo Presidente da República e está publicada em Diário da República", acentuou, referindo a força de lei que já tem esta medida.

Depois, logo a seguir, António Costa negou rumores de que o Governo se preparava agora, a partir do segundo semestre, para aumentar impostos.

"Anúncios dizendo que se vai aumentar o IVA para 25 por cento, isso não vai acontecer. Não vai haver nenhum aumento do IVA, nem para 24, nem para 25 por cento, nem para os bens essenciais, nem para os bens não essenciais", declarou.

De acordo com o primeiro-ministro, no âmbito do Programa de Estabilidade, "também não haverá alterações ao IRS, para além daquilo que está previsto, que é prosseguir com a eliminação da sobretaxa em 2017".

"Em matéria de IRC, o que está previsto é um conjunto de incentivos a desenvolver nos programas de capitalização e 'startup Portugal'. Portanto, a surpresa é a ausência de surpresas", disse, numa alusão à matéria fiscal constante no Programa de Estabilidade.

Interrogado sobre os dados da execução orçamental deste ano, o líder socialista referiu que na próxima semana haverá já dados definitivos pela Direção-Geral do Orçamento referentes ao primeiro trimestre.

"Os dados conhecidos até agora revelam tranquilidade face aos resultados conhecidos, quer do lado da despesa, quer do lado da receita. Portanto, não fazem prever a necessidade de adoção de medidas adicionais", disse.

Na reunião da bancada socialista, além das intervenções de António Costa, do ministro do Planeamento, Pedro Marques, e do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, apenas se inscreveu para falar o deputado Paulo Trigo Pereira.

No final, após uma curta hora e meia de reunião com os deputados socialistas, António Costa deixou um comentário de satisfação sobre a forma como tinham sido recebidos os programas de Estabilidade e Nacional de Reformas.

"Isto correu bem com o PCP e com o Bloco de Esquerda, pensava que aqui [no PS] ia correr pior", afirmou, em jeito de brincadeira.

Com Lusa

  • Ricardo Salgado constituído arguido no processo EDP

    País

    Ricardo Salgado foi constituído arguido no processo EDP. Uma notícia confirmada pela defesa do antigo banqueiro. A defesa de Ricardo Salgado diz ser falsa e despropositada a tese do Ministério Público e nega que o banqueiro tenha participado num suposto ato de corrupção em benefício do GES e da EDP.

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16