sicnot

Perfil

Economia

Estivadores iniciam hoje novo período de greve no porto de Lisboa

O Sindicato dos Estivadores inicia hoje um novo período de greve no porto de Lisboa, que se prolonga até 12 de maio, devido à falta de entendimento com os operadores para um novo contrato coletivo de trabalho.

(Lusa)

(Lusa)

LUSA (Arquivo)

Em comunicado, o Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal indicou que o pré-aviso de greve abrange todos os trabalhadores que exercem a sua atividade profissional na área do Porto de Lisboa e também nos portos de Setúbal e da Figueira da Foz, para abranger navios que possam vir a ser desviados para aí devido ao contexto de greve.

Os estivadores vão fazer greve a todo o trabalho suplementar em qualquer navio ou terminal, isto é, recusam trabalhar além do turno, aos fins de semana e dias feriado.

Desde janeiro, sindicato e operadores estavam a negociar um acordo coletivo de trabalho, mas no início de abril as negociações para um acordo de paz social foram suspensas, apesar de existir consenso em várias matérias, segundo o Governo, que mediou este conflito.

"Lamenta-se que tendo conseguido a conciliação em matérias determinantes neste conflito laboral não tenha sido possível alcançar, até agora, o compromisso nas matérias que se identificaram", refere um comunicado do Ministério do Mar.

O gabinete da ministra Ana Paula Vitorino explicou que "não foi possível obter um acordo entre as partes quanto à forma de progressão na carreira (se baseada no mérito ou efetuada de forma automática), nem sobre a organização e o planeamento da atividade portuária (se feita por trabalhadores portuários ou pelos responsáveis pela gestão portuária)".

Apesar da ausência de um entendimento entre o Sindicato dos Estivadores e os operadores do porto de Lisboa, o Governo afirmou ser "desejável que as partes consigam ultrapassar, no mais curto prazo de tempo, este novo impasse, num momento crucial para o desenvolvimento do Porto de Lisboa e para o desenvolvimento da região e do país".

Inicialmente, foi definido o prazo de final de fevereiro para que as partes pudesse fechar um acordo coletivo de trabalho no porto de Lisboa, depois de, a 8 de janeiro, os estivadores e os operadores terem chegado a uma base de entendimento, que levou à retirada imediata dos pré-avisos de greve.

Nesse dia, a ministra do Mar explicou que o acordo alcançado para retomar as negociações "foi muito importante", pondo um ponto final num conflito que "durava há três anos".

Lusa

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.