sicnot

Perfil

Economia

Centeno confiante que Bruxelas aceitará Programa de Estabilidade

O ministro das Finanças manifestou-se hoje confiante na aceitação do Programa de Estabilidade em Bruxelas, alegando que se baseia num cenário prudente e que a execução orçamental dos primeiros meses do ano é "um cartão de visita".

TIAGO PETINGA/ LUSA

Palavras de Mário Centeno no final do Conselho de Ministros que aprovou os programas de Estabilidade e Nacional de Reformas, depois de ser interrogado se as instituições europeias vão aceitar sem dificuldades estes documentos do Governo.

O titular da pasta das Finanças, que tinha ao seu lado o ministro do Planeamento, Pedro Marques, defendeu que os primeiros meses de rigorosa execução orçamental vão funcionar como "um cartão de visita" do atual Governo junto de Bruxelas e que o Programa de Estabilidade se baseia num cenário "prudente", sobretudo ao nível da procura externa, onde não se preveem ganhos ao nível de quotas de mercado".

Ao longo da conferência de imprensa, o ministro das Finanças procurou sempre afastar cenários de tensão negocial com as autoridades europeias, vincando que as negociações em janeiro passado, no âmbito do Orçamento do Estado para 2016, já decorreram de forma construtiva.

"As negociações com Bruxelas foram consideradas pelo Eurogrupo e pela Comissão Europeia como frutuosas e construtivas. É exatamente esse espírito que temos vindo a desenvolver com as autoridades europeias e é esse espírito que espero encontrar na análise do Programa de Estabilidade", disse o titular da pasta das Finanças.

Mário Centeno considerou depois que o programa de estabilidade "é muito rigoroso", tendo "um conjunto de exigências que procuram levar a economia portuguesa e o Estado para um perfil de crescimento mais sustentável".

O Programa de Estabilidade agora aprovado pelo Governo "não é sustentado em aumentos de endividamento, mas exatamente no contrário", alegou ainda.

Ou seja, segundo Mário Centeno, da parte da Comissão Europeia, espera-se "uma reação que compreenda este esforço e que compreenda a necessidade de dotar a economia portuguesa, quer no âmbito das suas reformas, quer no âmbito da gestão macroeconómica, dessa trajetória de recuperação sustentada".

De acordo com Mário Centeno, no horizonte do Programa de Estabilidade, a trajetória do défice aponta para uma redução, sendo que o valor nominal de 2017, de 1,4 por cento, inclui efeitos temporários, caso da receita extraordinária do BPP (Banco Privado Português).

Já em relação ao crescimento, Mário Centeno sustentou que o cenário "é prudente", embora acelerando "ligeiramente" ao longo do horizonte do Programa de Estabilidade, "atingindo valores próximos dos dois por cento".

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus pais e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.