sicnot

Perfil

Economia

BP perde 517 milhões de euros devido à volatilidade do preço do petróleo

A petrolífera BP informou hoje que registou perdas de 517 milhões de euros (583 milhões de dólares) no primeiro trimestre do ano devido à volatilidade do preço do crude.

© Whitney Curtis / Reuters

Em comunicado enviado hoje à Bolsa de Valores de Londres, a BP assinalou que as perdas contrastam com os 2.307 milhões de euros (2.602 milhões de dólares) obtidos no primeiro trimestre de 2015, quando o preço do barril do petróleo rondava os 54 dólares.

De acordo com a imprensa, o crude cotizou no primeiro trimestre deste ano em torno dos 34 dólares o barril, o que compara com os 44 dólares dos três últimos meses de 2015.

A companhia, que publica os seus resultados em dólares por ser a divisa na qual é cotizado o petróleo, assinalou que no primeiro trimestre de 2016 as perdas antes de impostos foram de 767 milhões de euros (865 milhões de dólares) frente aos 2.020 milhões de euros (2.276 milhões de dólares) de lucros obtidos nos três primeiros meses de 2015.

Os lucros da BP também foram afetados pela crise no setor petrolífero ao faturar 34.771 milhões de euros (39.166 milhões de dólares) no primeiro trimestre de 2016 frente aos 49.932 milhões de euros (56.243 milhões de dólares) no mesmo período do ano passado.

A dívida financeira da empresa a 31 de março passado situava-se nos 3.941 milhões de euros (4.440 milhões de dólares).

  • "O euro como o conhecemos é uma construção imperfeita"
    1:26

    Economia

    O primeiro-ministro diz que o euro como o conhecemos é uma construção imperfeita e que sem regras iguais para todos não é possível a reforma da moeda única. As declarações de António Costa foram feitas esta terça-feira, em Lisboa, numa conferência intitulada de "Consolidar o Euro. Promover a Convergência".

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.