sicnot

Perfil

Economia

Défice das contas do Estado no 1º trimestre sobe para 824 milhões

ÚLTIMA HORA

O défice das contas do Estado no primeiro trimestre foi de 823,9 milhões de euros, segundo a execução orçamental hoje revelada. O Estado arrecadou 8.815,9 milhões de euros em impostos, menos 115,1 milhões de euros do que no mesmo período de 2015.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

O défice público até março agravou-se em 107,9 milhões de euros por causa dos juros da dívida.

"Esta evolução resultou de um crescimento da receita (0,2%) inferior ao da despesa (0,8%)", que atingiram 17.540,7 milhões de euros e 18.364,6 milhões de euros, respetivamente, afirma a Direção-Geral de Orçamento (DGO)a.

As despesas com pessoal aumentam 3,3% no primeiro trimestre.

De acordo com a síntese de execução orçamental até março divulgada hoje pela DGO, a receita fiscal arrecadada pelo Estado no primeiro trimestre foi inferior em 1,3% à registada no mesmo período de 2015, quando foram amealhados 8.931 milhões de euros em impostos.

Esta descida, escreve a entidade liderada por Manuela Proença, foi influenciada por uma quebra de 0,7% nos impostos diretos, "sobretudo pelo efeito da redução da sobretaxa de IRS", e de 1,7% nos impostos indiretos, "condicionados pelo aumento nos reembolsos de IVA".

Última atualização às 17:31/Com Lusa

  • Queda de avioneta em Espanha causa 4 mortos

    Mundo

    Uma avioneta com destino a Cascais, em que seguia uma família de quatro pessoas - dois adultos e dois menores - caiu em Sotillo de las Palomas, em Toledo, Espanha.

    Em desenvolvimento

  • Mais de 50 milhões de italianos decidem futuro do país
    1:43

    Mundo

    Este domingo, está nas mãos de mais de 50 milhões de eleitores italianos o futuro do país. Mais do que um voto à reforma constitucional, o referendo terá consequências políticas diretas no Governo italiano. As urnas fecham às 23h00, 22h00 em Lisboa. Os primeiros resultados são esperados meia hora depois.