sicnot

Perfil

Economia

Mitsubishi admite falsear testes há mais de 25 anos

O fabricante japonês Mitsubishi Motors admitiu hoje ter utilizado métodos de testes inapropriados nos últimos 25 anos, ampliando o escândalo de fraude do desempenho energético de uma parte dos seus veículos revelado na semana passada.

© Dado Ruvic / Reuters

"Temos utilizado este método para o mercado doméstico desde 1991", disse um funcionário do grupo durante uma conferência de imprensa, afirmando não saber ainda quais os modelos envolvidos.

A 20 de abril, a Mitsubishi Motors admitiu ter manipulado testes de emissões poluentes em, pelo menos, 625.000 veículos, alguns dos quais construídos para a Nissan.

A empresa admitiu que os seus funcionários modificaram a pressão de pneus durante os testes de consumo de combustível de 625 mil unidades vendidas no Japão de quatro dos seus modelos de veículos ligeiros.

Os carros foram ainda testados com um sistema não homologado pelo Japão desde 2002 e assim vendidos com uma garantia de consumo falsa, segundo a qual eram entre cinco e dez por cento mais eficientes do que na realidade.

Segundo a informação divulgada hoje pela NHK, também foram falsificados dados das versões 4x4 dos mesmos quatro modelos.

O anúncio surgiu numa altura em que a indústria automóvel tem sido sujeita a fiscalizações mais apertadas, depois de a alemã Volkswagen se ver envolvida num escândalo relacionado com fraudes nos testes de emissões.

Também já hoje a Mitsubishi Motors admitiu também ter falsificado dados sobre a eficiência de veículos todo-o-terreno.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.