sicnot

Perfil

Economia

Taxistas distribuem milhares de manifestos contra Uber

A Federação Portuguesa do Táxi (FPT) informou hoje que já distribuiu mais de dez mil manifestos desde sexta-feira, no âmbito da semana de luta contra o que considera ser a "ilegalidade" da atividade da Uber em Portugal.

PEDRO NUNES

"Estou convicto de que já entregámos mais de dez mil panfletos", disse à agência Lusa Eduardo Cacais, da FPT.

Numa ação conjunta com a Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), um manifesto e autocolantes estão a ser distribuídos pelas ruas de Lisboa, Porto e Faro.

"A aceitação tem sido ampla", disse à agência Lusa Eduardo Cacais, que anda nas principais praças de táxi de Lisboa a "alertar motoristas e população em geral" para este "problema".

"Estamos a distribuir um manifesto pela população e pelos colegas para que, à medida que vão apanhando clientes, possam também passar a mensagem", acrescentou.

No manifesto, a ANTRAL e FPT defendem que a Uber é ilegal porque "não respeita, não obedece, nem se submete às regras legais que em Portugal disciplinam a atividade do transporte em táxi".

As associações referem, ainda, que aquela plataforma (disponível através de uma aplicação 'online') cobra o que entende e aumenta os preços em épocas de maior procura, lê-se no manifesto.

As viaturas ao serviço da Uber "não estão equipadas, identificadas, nem licenciadas [...] ou autorizadas para a atividade que executam", acusam ainda, acrescentando que os condutores não têm certificado profissional para o exercício da atividade.

Além do manifesto, estão a ser também colados nos vidros dos táxis autocolantes com palavras de ordem como "A Uber é Ilegal" ou "Stop à Uber".

Em declarações à Lusa, o presidente da ANTRAL, Florêncio Almeida, disse que tem cinco carros na rua só para alertar a população para a questão da Uber e acrescentou que "a ação está a correr bem".

A semana de luta vai culminar com uma grande ação que decorrerá na sexta-feira, mas que a FPT e a ANTRAL não querem divulgar antecipadamente

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52