sicnot

Perfil

Economia

Grécia pede cimeira extraordinária da UE para ultrapassar impasse com credores

O primeiro-ministro grego vai pedir hoje ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, a convocação de uma cimeira extraordinária para ultrapassar o impasse nas negociações com os credores, informaram os media locais.

Geert Vanden Wijngaert

Alexis Tsipras tomou esta decisão na sequência do pedido dos credores que, na terça-feira à noite, pediram uma interrupção das negociações perante a impossibilidade de chegar a um acordo sobre o plano de contingência adicional exigido pelo Eurogrupo, no valor de 3.600 milhões de euros.

Este conjunto de medidas só deviam ser tomadas caso a Grécia não obtenha um excedente em 2018, tal como está definido no terceiro resgate, mas que - tal como pediu o Eurogrupo na semana passada - deve ser legislado antecipadamente.

No final dessa reunião, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, esclareceu que se tratava de um pacote de medidas de contingência, a ser aplicado apenas "se necessário".

Mas - acrescentou - que o pacote deve ser "legislado antecipadamente" e deve ser equivalente a 2% do Produto Interno Bruto (PIB) grego (cerca de 3.600 milhões de euros).

Na terça-feira, o ministro das Finanças gregp, Euclides Tsakalotos, repetiu que a Constituição grega não permite legislar para cenários virtuais e propôs a ativação de um mecanismo de correção automática, caso se verifiquem desvios orçamentais.

Trata-se de uma medida que integra o mecanismo do Conselho de Política Fiscal e que contempla, por exemplo, cortes automáticos a nível ministerial, assim que se verifiquem desvios orçamentais.

De acordo com os 'media' locais, Tsipras decidiu pedir uma cimeira extraordináris para "garantir o cumprimento do acordo sobre o terceiro resgate", assinado em julho passado.

O resgate prevê medidas no valor de 5.400 milhões de euros, o que corresponde a 3% do PIB, que devem ser cumpridas até 2018 para garantir o excedente primário.

Fontes governamentais gregas disseram que sobre estas medidas, como a controversa reforma fiscal e de pensões e a privatização de bens públicos, já foi alcançado um acordo com os credores.

  • "Desisto com muita dificuldade, só abandono a liderança se houver rebelião"
    2:39
  • Como um tweet de Kylie Jenner levou à queda das ações do Snapchat

    Economia

    As ações da Snap Inc., empresa que gere o Snapchat, fecharam a cair 6% na bolsa de Wall Street, esta quinta-feira, depois de Kylie Jenner ter anunciado que tinha deixado de usar a aplicação. A celebridade norte-americana tem mais de 24 milhões de seguidores e é considerada uma das utilizadoras mais influentes do Snapchat.

  • Arqueólogos anunciam descoberta de selo com assinatura do profeta Isaías

    Mundo

    Arqueólogos israelitas afirmam ter descoberto a marca de um selo num pedaço de argila que exibe o que consideram ser a assinatura do profeta bíblico Isaías, a quem se atribui a autoria de um livro do Antigo Testamento e de vários excertos do Novo Testamento. O achado arqueológico agora divulgado poderá ser a primeira prova da existência do profeta Isaías até agora encontrada. A descoberta aconteceu em Jerusalém, próximo do local onde foi encontrada um outro selo com a impressão da assinatura do rei Ezequias de Judá.

  • Escolas da Portela e Moscavide degradadas e com amianto
    3:00
  • Marcelo de "alma cheia" no fim da visita a São Tomé e Príncipe
    2:43

    País

    O Presidente da República terminou esta quinta-feira no Príncipe uma visita de três dias a São Tomé. Marcelo Rebelo de Sousa prometeu o reforço da cooperação económica e anunciou a visita de António Costa antes do Verão. e lembrou os políticos portugueses de que é muito mais o que nos une, do que o que nos separa.

    Enviados SIC

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00