sicnot

Perfil

Economia

Ministro alemão contra cimeira extraordinária sobre resgate à Grécia

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaüble, manifestou-se hoje contra uma cimeira europeia extraordinária para tentar desbloquear as negociações sobre o mais recente resgate à Grécia, reunião defendida pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras.

© Joshua Roberts / Reuters

Em conferência de imprensa, Schäuble referiu que o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, decidiu não convocar para quinta-feira uma reunião extraordinária dos ministros da Economia e Finanças da zona euro sobre a Grécia.

O Eurogrupo reunirá quando tiver condições para isso, acrescentou Schäuble, em linha com o porta-voz de Dijsselbloem, Michel Reijns, que hoje assinalou que é preciso dar mais tempo para as negociações.

Também o porta-voz do Governo alemão, Steffen Seibert, indicou que "não há nenhuma razão" para ser convocada uma cimeira extraordinária, uma vez que estão a decorrer negociações.

"Há um processo em curso, ao nível do Eurogrupo, e esse é o formato em que devem continuar as conversações", afirmou Seibert, que salientou que esta é a posição da chanceler alemã, Angela Merkel.

Seibert indicou que o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, pediu uma reunião do Eurogrupo nos próximos dias e que, neste momento, não será convocada uma reunião extraordinária, como pediu Tsipras.

Segundo Atenas, as negociações entre o Governo grego e os credores estão num impasse devido "à insistência do Fundo Monetário Internacional, que pede para que sejam adotadas medidas adicionais".

Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.