sicnot

Perfil

Economia

Operações financeiras suspeitas no Vaticano quadruplicaram em 2015

A Autoridade de Informação Financeira (AIF) da Santa Sé notificou durante 2015 um total de 544 operações financeiras suspeitas, quase quatro vezes mais que as 147 registadas no ano anterior, informou hoje o Vaticano.

© Paul Hanna / Reuters

O relatório anual das contas do Vaticano durante o exercício de 2015 refere que o sistema de vigilância registou 893 avisos de atividades suspeitas nos últimos três anos.

Em 2013 ocorreram 202 casos, em 2014 contabilizaram-se 147 e em 2015 registou-se uma importante subida nestas notificações, que quase quadruplicaram ao atingirem as 544.

O diretor da AIF, Tommaso di Ruzza, defendeu em comunicado que "o aumento dos avisos de atividades suspeitas não foi determinado por um maior número de potenciais atividades ilícitas" mas por outros fatores.

Entre eles, destacou a conclusão do procedimento de fecho das contas que não cumprem a legislação do Vaticano, as políticas adotadas pelas entidades de vigilância ou a monitorização dos beneficiários no âmbito de programas de colaboração voluntária em matéria fiscal efetuados por Estados estrangeiros.

Di Ruzza assinalou que esta situação também é motivada "em geral" pelo reforço dos sistemas de notificação e a crescente consciência das obrigações de sinalização por parte das entidades vigiadas.

Entre os avisos recebidos, o promotor de justiça (fiscalidade do Vaticano) abriu em 2015 um total de 17 investigações, assinalando-se ainda um incremento da colaboração fiscal entre o Estado da Cidade do Vaticano e organismos e autoridades estrangeiras competentes.

A AIF é o organismo responsável pelo controlo dos movimentos financeiros da Santa Sé e pretende prevenir casos de "lavagem de dinheiro" ou financiamento do terrorismo.

Foi instituída pelo papa Bento XVI em dezembro de 2011 e o seu estatuto aprovado pelo papa Francisco em novembro de 2013 com o objetivo de estabelecer "normas em matéria de transparência, vigilância e informação financeira".

Em 2015 a AIF estabeleceu acordos de troca de informação com a Albânia, Cuba, Hungria, Luxemburgo, Noruega e Paraguai, entre outros países.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Catarina Martins diz que é preciso ouvir os dois secretários de Estado sobre offshores
    1:27

    Economia

    O Bloco de Esquerda diz que participa com empenho em todas as comissões de inquérito, mas insiste que não faz sentido suspender o trabalho da comissão em curso sobre a Caixa Geral de Depósitos. Catarina Martins esteve esta manhã em Estremoz, onde comentou também o caso das transferências para offshores. A coordenadora do Bloco diz que é preciso ouvir os dois Secretários de Estado dos assuntos fiscais para perceber o que se passou.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.