sicnot

Perfil

Economia

Comissão Europeia defende que Portugal deve prosseguir com reformas estruturais

A Comissão Europeia defende que Portugal deve manter a disciplina orçamental para o sucesso da recuperação económica e melhorar a competitividade.

© Vincent Kessler / Reuters

Num entrevista à Bloomberg, o vice-presidente da Comissão Europeia, falou também sobre o programa de ajustamento da Grécia dizendo que está a trabalhar com o FMI e as autoridades gregas para encontrar um solução.

Sobre o problema do crédito malparado em Itália, Valdis Dombrovskis considera que as autoridades italianas estão num bom caminho.

Já sobre o Brexit, defendeu que é mais vantajoso para todos que o Reino Unido permaneça na União Europeia.

  • Afinal há um plano B para 2017
    1:58

    Economia

    O Governo não explicou aos portugueses as medidas do Programa de Estabilidade que mais impacto vão ter no seu bolso. Há um anexo ao documento que foi entregue na Comissão Europeia, na UTAO e no Conselho de Finanças Públicas, mas não chegou a ser revelado publicamente. A SIC sabe que entre outras medidas para reduzir o défice em 2017, haverá poupanças no pagamento das prestações sociais.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC