sicnot

Perfil

Economia

Votados hoje os projetos de resolução propostos pelo CDS-PP e PSD

O Parlamento vota hoje os projetos de resolução do CDS-PP e do PSD sobre os programas de Estabilidade e de Reformas, com o diploma dos democratas-cristãos que pede a rejeição do Programa de Estabilidade a ter 'chumbo' previsível por parte da esquerda.

Arquivo

Arquivo

O diploma do CDS foi alterado na quarta-feira - inicialmente pedia que fosse o Governo a levar a votos ambos os documentos - e contará com o apoio do PSD.

No entanto, os partidos que apoiam o Governo PS deverão rejeitar o projeto do CDS-PP: o PCP já disse que votaria contra e o BE também desvalorizou a iniciativa dos democratas-cristãos.

O líder da bancada parlamentar comunista, João Oliveira, anunciou hoje que o PCP vai votar contra o projeto de resolução do CDS-PP que rejeita o Programa de Estabilidade, criticando a "habilidade de última hora" de alterar o texto.

Na quarta-feira, a porta-voz do BE, Catarina Martins, considerou que não havia necessidade de levar a votos o Programa de Estabilidade, sublinhou que o documento não contém medidas que contradigam o acordo feito com o PS, e acrescentou que "não vale a pena criar um problema onde ele não existe".

Além deste diploma, serão também votados projetos de resolução de PSD e CDS-PP que propõem alterações ao Programa Nacional de Reformas e que, na sua maioria, deverão ser rejeitados.

Com Lusa

  • Condutora que atropelou peregrinos "internada compulsivamente"

    País

    A condutora do veículo que hoje atropelou seis peregrinos na Estrada Nacional 365, em Alcanena, apresentava problemas do foro psicológico e teve de ser internada compulsivamente. O atropelamento esta madrugada fez uma vítima mortal, um homem, e feriu cinco pessoas, uma das quais em estado grave.