sicnot

Perfil

Economia

Marcelo diz estar tranquilo em relação à avaliação das contas nacionais por Bruxelas

Marcelo diz estar tranquilo em relação à avaliação das contas nacionais por Bruxelas

Na véspera da divulgação das previsões de primavera da Comissão Europeia, o Presidente da República diz que está tranquilo. No último dia de visita oficial a Roma, Marcelo Rebelo de Sousa aponta várias convergências entre Portugal e Itália e esteve reunido com o homólogo italiano no Palácio do Quirinal. O Presidente já está a caminho de Moçambique para mais uma visita oficial.

  • PR inicia hoje visita oficial de 5 dias a Moçambique
    1:55

    País

    O Presidente da República começa hoje uma visita oficial de cinco dias a Moçambique. Marcelo Rebelo de Sousa chega a Maputo, numa altura em que o país se debate com uma grave crise política e económica. À margem da agenda oficial em Roma, Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, já esta manhã, com a comunidade de Santo Egídio, numa tentativa de mediação do conflito político em Moçambique.

  • PR "tranquilo" com contas do país e recusa "desporto nacional" de previsões
    0:52

    Economia

    O Presidente da República voltou hoje a desvalorizar as previsões para a economia portuguesa. Marcelo Rebelo de Sousa diz que não se pode passar a vida a comentar os diversos números que vão sendo apresentados. Depois de um encontro, em Roma, com o homólogo italiano, Marcelo disse estar "tranquilo" em relação às contas de 2015 e às perspetivas para os próximos anos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48