sicnot

Perfil

Economia

Presidente do Santander nega assédio a clientes do Banif

Presidente do Santander nega assédio a clientes do Banif

António Vieira Monteiro vai ser questionado na Comissão de Inquérito ao Banif, onde o último presidente do banco, Jorge Tomé, revelou que os comerciais do Santander tentaram convencer os clientes do banco madeirense a mudar para o espanhol, um mês antes da resolução. No entanto, o presidente do Santander desmente este assédio. Em relação ao Novo Banco, o presidente do banco espanhol revelou interesse no banco e este pode ser o próximo alvo do Santander. Hoje foi a apresentação dos resultados do Santander, onde mostraram um lucro de 114,5 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, 3 milhões por ajuda do Banif.

  • Compra do Banif deu lucros ao Santander
    0:45

    Banif

    A compra do Banif contribuiu com 3 milhões de euros para os lucros de quase 115 milhões do Santander nos primeiros três meses do ano. Na apresentação de resultados, o presidente António Vieira Monteiro garantiu que não está interessado nos ativos do Banif que passaram para a Oitante. Esta declaração é importante para a Comissão de Inquérito que investiga o caso, pois já várias vezes os deputados defenderam que uma eventual compra estaria a beneficiar o Santander.

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.