sicnot

Perfil

Economia

BMW regista lucro total de 8,2% no primeiro trimestre

O produtor alemão de automóveis de luxo BMW registou no primeiro trimestre do ano um lucro total de 8,2%, até 1.640 milhões de euros, em comparação com o mesmo período de 2015.

No início de agosto foi divulgada uma investigação de grande escala  a multinacionais do setor automóvel, a qual incide sobre empresas como a  Chrysler, Audi, Mercedes Benz e 12 empresas japonesas de peças. 

No início de agosto foi divulgada uma investigação de grande escala  a multinacionais do setor automóvel, a qual incide sobre empresas como a  Chrysler, Audi, Mercedes Benz e 12 empresas japonesas de peças. 

© Carlos Jasso / Reuters

A BMW informou hoje que os lucros operativos foram reduzidos nos três primeiros meses do ano em 2,5%, até 2.457 milhões de euros, motivado pelas fracas vendas na União Europeia.

Já a faturação manteve-se no mesmo período em 20.853 milhões de euros, menos 0,3% do que no primeiro trimestre de 2015.

"O resultado do primeiro trimestre é mais uma prova da nossa habilidade em gerar receitas no nosso negócio principal apesar de um ambiente volátil", disse o presidente da junta diretiva da BMW, Harald Kruger.

De acordo com o responsável, o fator decisivo "não são os lucros a curto prazo, mas um crescimento rentável e sustentável".

Segundo a BMW, a margem de lucro operacional no segmento automóvel caiu para 9,4%, em relação aos 9,5% no primeiro trimestre de 2015. As vendas melhoraram até março em 5,9% até um recorde de 557.605 unidades.

O grupo BMW confirmou os seus objetivos para o conjunto do ano.

  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.