sicnot

Perfil

Economia

BMW regista lucro total de 8,2% no primeiro trimestre

O produtor alemão de automóveis de luxo BMW registou no primeiro trimestre do ano um lucro total de 8,2%, até 1.640 milhões de euros, em comparação com o mesmo período de 2015.

No início de agosto foi divulgada uma investigação de grande escala  a multinacionais do setor automóvel, a qual incide sobre empresas como a  Chrysler, Audi, Mercedes Benz e 12 empresas japonesas de peças. 

No início de agosto foi divulgada uma investigação de grande escala  a multinacionais do setor automóvel, a qual incide sobre empresas como a  Chrysler, Audi, Mercedes Benz e 12 empresas japonesas de peças. 

© Carlos Jasso / Reuters

A BMW informou hoje que os lucros operativos foram reduzidos nos três primeiros meses do ano em 2,5%, até 2.457 milhões de euros, motivado pelas fracas vendas na União Europeia.

Já a faturação manteve-se no mesmo período em 20.853 milhões de euros, menos 0,3% do que no primeiro trimestre de 2015.

"O resultado do primeiro trimestre é mais uma prova da nossa habilidade em gerar receitas no nosso negócio principal apesar de um ambiente volátil", disse o presidente da junta diretiva da BMW, Harald Kruger.

De acordo com o responsável, o fator decisivo "não são os lucros a curto prazo, mas um crescimento rentável e sustentável".

Segundo a BMW, a margem de lucro operacional no segmento automóvel caiu para 9,4%, em relação aos 9,5% no primeiro trimestre de 2015. As vendas melhoraram até março em 5,9% até um recorde de 557.605 unidades.

O grupo BMW confirmou os seus objetivos para o conjunto do ano.

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.