sicnot

Perfil

Economia

Marcelo preocupado com a Grécia e pessimista com o contexto global

O Presidente da República de Portugal, que chegou hoje a Moçambique, após uma visita a Itália, manifestou-se pessimista face ao quadro europeu e ao contexto global, apontando a situação da Grécia como uma das preocupações.

Numa conversa com os jornalistas, durante o voo de Lisboa para Maputo, em que não quis falar de Moçambique, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que "o mundo não está fácil e que a Europa não está fácil" e declarou-se "pessimista, no quadro europeu, no quadro global".

Segundo o chefe de Estado português, a Europa enfrenta neste momento "um acumular de preocupações", entre os quais a situação da Grécia, sobre a qual afirmou: "Não é verdade que tenha sido pedida de cimeira extraordinária, mas há uma suspensão dos contactos institucionais e isso merece acompanhamento e preocupação".

Marcelo Rebelo de Sousa mencionou como outros motivos de preocupação a desaceleração da economia norte-americana, as notícias vindas da Síria e da Líbia e as diferentes visões entre Leste e Sul da Europa sobre as prioridades de segurança e defesa da União Europeia.

O chefe de Estado referiu também que "as economias europeias não estão a crescer muito", advertindo para o impacto que isso poderá ter nas exportações portuguesas: "Podemos ter problemas".

"Neste momento e nos próximos tempos, há evoluções que nós não controlamos e que podem, de facto, criar contextos complicados", reforçou.

O Presidente português salientou ainda que vai haver "muitas eleições na Europa em pouco tempo": legislativas em Espanha, o referendo no Reino Unido sobre a permanência na União Europeia e os atos eleitorais de 2017 em França e na Alemanha.

Marcelo Rebelo de Sousa inicia hoje uma visita de Estado de quatro dias a Moçambique, com viagem de regresso a Lisboa no sábado de manhã.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.