sicnot

Perfil

Economia

Vendas de automóveis em abril com menor subida dos últimos 30 meses

As vendas de veículos automóveis subiram 7% em abril face ao mesmo mês do ano anterior, com 18.918 veículos vendidos, mas registaram a variação homóloga mais baixa dos últimos 30 meses, revelou hoje a associação do setor.

© Fabrizio Bensch / Reuters

De acordo com a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), "este é o valor mais baixo, da percentagem de variação homóloga, dos últimos 30 meses, o que demonstra uma clara tendência de desaceleração do mercado".

Em termos acumulados, nos quatro primeiros meses do ano foram vendidos em Portugal 86.725 veículos automóveis, o que representou uma variação homóloga positiva de 21,2%.

Em abril, o mercado de veículos ligeiros (ligeiros de passageiros mais comerciais ligeiros) registou um crescimento de 6,7% face ao mês homólogo do ano anterior, ascendendo a um total de 18.578 veículos.

Em termos acumulados, entre janeiro e abril, o número de vendas fixou-se em 85.073 unidades, o que correspondeu a um crescimento homólogo de 21%, segundo a ACAP.

A Volkswagen foi a terceira marca mais vendida em abril - seguida da Renault (2.354), e da Peugeot (1.911), com 1.723 unidades vendidas -, o que se traduz numa quebra de 6,1% face a igual mês do ano passado, na sequência do escândalo da falsificação dos testes de emissões de gases nocivos, em setembro do ano passado.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.