sicnot

Perfil

Economia

Governo diz que para Bruxelas só o Montepio e o Santander podiam avançar para a compra do Banif

Governo diz que para Bruxelas só o Montepio e o Santander podiam avançar para a compra do Banif

O secretário de Estado do Tesouro e das Finanças revelou, esta tarde, no parlamento que, pelos critérios de Bruxelas, só o Santander e o Montepio é que poderiam comprar o Banif mas na prática a decisão de ser o Santander já estava tomada.

  • Compra do Banif deu lucros ao Santander
    0:45

    Banif

    A compra do Banif contribuiu com 3 milhões de euros para os lucros de quase 115 milhões do Santander nos primeiros três meses do ano. Na apresentação de resultados, o presidente António Vieira Monteiro garantiu que não está interessado nos ativos do Banif que passaram para a Oitante. Esta declaração é importante para a Comissão de Inquérito que investiga o caso, pois já várias vezes os deputados defenderam que uma eventual compra estaria a beneficiar o Santander.

  • Presidente do Santander nega assédio a clientes do Banif
    2:18

    Economia

    António Vieira Monteiro vai ser questionado na Comissão de Inquérito ao Banif, onde o último presidente do banco, Jorge Tomé, revelou que os comerciais do Santander tentaram convencer os clientes do banco madeirense a mudar para o espanhol, um mês antes da resolução. No entanto, o presidente do Santander desmente este assédio. Em relação ao Novo Banco, o presidente do banco espanhol revelou interesse no banco e este pode ser o próximo alvo do Santander. Hoje foi a apresentação dos resultados do Santander, onde mostraram um lucro de 114,5 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, 3 milhões por ajuda do Banif.

  • PSD e PCP ponderam apresentar queixa de Vítor Constâncio por desobediência
    1:52

    Banif

    O PSD e o PCP estão a ponderar apresentar queixa por desobediência. Numa carta enviada ao parlamento português, Vítor Constâncio diz que não vai colaborar com a Comissão de Inquérito à resolução do Banif. Constâncio garante, no entanto, que não teve responsabilidades no caso, mas confirma que esteve na reunião em que o BCE decidiu cortar o financiamento ao Banif.

  • Vice-governador do Banco de Portugal admite que resolução do Banif teve custo elevado
    1:57

    Banif

    O vice-governador do Banco de Portugal José Ramalho revelou que o outro principal candidato à compra do Banif só foi ouvido numa altura em que o ministro das Finanças já tinha pedido para desbloquear a proposta do Santander. Ouvido no Parlamento, José Ramalho defendeu ainda que a solução final para o banco madeirense resultou de sucessivas imposições da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.