sicnot

Perfil

Economia

"Nem o Governo anterior nem o Banco de Portugal fizeram alertas sobre a banca"

Entrevista SIC / Expresso

"Nem o Governo anterior nem o Banco de Portugal fizeram alertas sobre a banca"

Numa entrevista à SIC e ao Expresso onde anuncia o abandono da vida política, Durão Barroso explica que a decisão de Portugal não ter utilizado todo o dinheiro que a troika tinha disponibilizado para a banca foi da exclusiva responsabilidade do anterior Governo e do Banco de Portugal. Barroso diz que o dinheiro esteve sempre à disposição, Portugal é que não o quis utilizar.

  • Durão Barroso vai regressar aos EUA para se dedicar ao ensino
    8:31

    País

    Numa entrevista exclusiva à SIC e ao Expresso, o ex-Presidente da Comissão Europeia anunciou que vai regressar dos Estados Unidos, onde viveu o último ano e meio, para se dedicar ao ensino e também para trabalhar no setro privado, provavelmente fora de Portugal. Na entrevista, faz também o balanço de trinta anos de vida política.

  • Barroso faz balanço de mais de 30 anos de carreira no adeus à vida política
    1:07

    País

    Durão Barroso diz adeus à vida política. Numa entrevista à SIC e ao Expresso, o ex-presidente da Comissão Europeia anunciou a vontade de não regressar à política e fez um balanço de uma carreira com mais de 30 anos. Sobre uma das decisões mais polémicas, a de promover a Cimeira das Lajes, Durão Barroso garantiu que Jorge Sampaio, na altura Presidente da República, sabia de tudo e concordou com a realização da Cimeira.

  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.