sicnot

Perfil

Economia

Rajoy propõe à UE esforço adicional para evitar sanção por incumprimento do défice

O primeiro-ministro espanhol enviou uma carta ao presidente da Comissão Europeia pedindo para que tenha em conta a situação política espanhola e tente evitar uma sanção por incumprimento da meta do défice, oferecendo um esforço adicional do país.

Reuters

De acordo com informações hoje divulgadas pelos jornais El País e La Vanguardia, citadas pela agência Efe, para tentar evitar multas por incumprimento da meta do défice, depois do duro ajuste realizado em Espanha nos últimos anos, Mariano Rajoy comprometeu-se a ampliar por mais um ano o acordo de não disponibilizar gastos nas administrações central e autónomas.

Na carta, segundo os dois jornais, Rajoy explica a situação atual do país a Jean-Claude Juncker e apresenta argumentos em sua defesa, como o desvio da inflação em relação à previsão de Bruxelas, que diminuiu a receita fiscal prevista.

A carta sublinha os ajustes e as reformas adotadas nos últimos anos num contexto complicado.

Na carta, Rajoy pede um ano de prorrogação para reduzir o défice.

A Comissão Europeia confirmou hoje que recebeu a carta do primeiro-ministro espanhol.

"Podemos confirmar que recebemos a carta e que a estudaremos", disse à agência Efe uma fonte da Comissão Europeia.

A Comissão Europeia alertou, na terça-feira, para os riscos que acredita existirem para a economia espanhola, com a incerteza política, diante de novas eleições, e as medidas que terá adotar para corrigir o seu excesso de défice, pelo qual o país pode ser sancionado.

"A quantidade de medidas necessárias para corrigir o deslize orçamental registado em 2015 é acrescentada aos riscos de queda no crescimento, que se originam principalmente da incerteza em torno da formação de um novo governo", disse a CE nas suas previsões macroeconómicas de primavera.

Bruxelas prevê que o défice de Espanha fique em 3,9% do PIB este ano e em 3,1% no próximo, acima da meta de 3%.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efetivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21
  • Antigos quadros da Facebook declaram-se preocupados com efeitos da rede social

    Mundo

    Alguns dos antigos quadros da empresa Facebook estão a começar a exprimir sérias dúvidas sobre a rede social que ajudaram a criar, foi noticiado. A Facebook explora "uma vulnerabilidade na psicologia humana" para criar dependência entre os seus utilizadores, afirmou o primeiro presidente da empresa, Sean Parker, num fórum público.