sicnot

Perfil

Economia

Grécia "basicamente cumpriu" todos os seus objetivos de reforma, diz Juncker

A Grécia "basicamente cumpriu" todos os objetivos de reforma exigidos pelos credores e, assim sendo, os parceiros da zona euro vão começar a discutir uma possível reestruturação da dívida, segundo o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

(Arquivo)

(Arquivo)

Christian Lutz/ AP

"Estamos no momento da primeira revisão do plano [de resgate à Grécia] e os objetivos foram basicamente cumpridos", disse Juncker numa entrevista que hoje será publicada nos jornais do Funke Mediengruppe, na Alemanha.

Os credores da Grécia realizaram a revisão necessária para avaliar o progresso das reformas do Governo de Atenas e esperam desbloquear a primeira 'tranche' do resgate de 86 mil milhões de euros, acordado em julho.

O Eurogrupo, composto por 19 ministros das Finanças dos países da zona euro, vai reunir-se na segunda-feira em Bruxelas, onde analisará as reformas gregas.

Vão também "começar as primeiras discussões sobre como tornar a dívida da Grécia sustentável a longo prazo", disse Juncker aos jornais alemães.

A aprovação das reformas é necessária antes de qualquer consideração sobre um 'alívio' da dívida grega, mas apesar de as negociações durarem há meses, as reformas da Grécia ainda não conseguiram o apoio de todos os credores, em grande parte devido às diferenças de opinião entre a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI), que pede mais reformas.

Os comentários de Juncker surgem depois de o ministro das Finanças grego, Euclid Tsakalotos, ter pedido, no sábado, aos parceiros da zona euro que apoiem o pacote de reformas da Grécia, que inclui cortes de 5,4 mil milhões de euros, e rejeitem o pedido dos credores de medidas adicionais no valor de 3,6 mil milhões de euros.

"Qualquer pacote superior a 5,4 mil milhões será encarado, tanto pelos cidadãos gregos como pelos agentes económicos, dentro e fora da Grécia, como contraprodutivo social e economicamente", afirmou, numa carta dirigida ao Eurogrupo.

Tsakalotos alertou para o preço de um "Estado falhado" se as negociações de segunda-feira não correrem de feição.

Christine Lagarde, diretora-geral do FMI, também se dirigiu ao Eurogrupo através de uma carta, instando os ministros a abordar a questão da reestruturação da dívida.

Lagarde sublinhou a necessidade de rever em baixa o objetivo de a Grécia atingir um superavit primário de 3,5% do PIB em 2018, dizendo que era "contraprodutivo" esperar que Atenas atinja o objetivo.

No entanto, o FMI afirmou também que há "lacunas significativas" nas reformas propostas pela Grécia.

Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:46

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".