sicnot

Perfil

Economia

Manifestação na Grécia junta 15 mil contra reformas fiscal e das pensões

Cerca de 15 mil pessoas protestaram hoje em Atenas e Salónica, numa manifestação convocada por organizações de esquerda, contra a reforma das pensões que será submetida a votação hoje.

Este projeto de lei, que prevê o aumento das pensões e dos impostos, faz parte das medidas de austeridade exigidas pelos credores do país, União Europeia e Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os ministros das Finanças dos Estados-membros da zona euro reúnem-se na segunda-feira em Bruxelas para avaliar as reformas realizadas pela Grécia como contrapartida do empréstimo internacional concedido ao país em 2015.

Os protestos começaram hoje ao final da manhã com a Frente de Luta dos Trabalhadores (Pame), considerada próxima do partido comunista grego.

"Segurança social pública e obrigatória para todos" estava escrito na principal bandeira do sindicato, enquanto os manifestantes gritavam palavras de ordem como "não à dissolução do sistema de segurança social" e "não à continuação da austeridade".

Milhares de simpatizantes do Pame manifestaram-se na sexta-feira e no sábado em Atenas, durante a greve de 48 horas realizada no setor privado e público e que paralisou os transportes.

Lusa

  • "Toda a transparência" para os "amigos portugueses"
    0:54
  • Turistas à volta da Lua em 2018
    1:21
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22

    Mundo

    Por detrás da alegria do desfile das escolas de samba, há a tensão e a adrenalina dos bastidores do sambódromo. A preparação antes da entrada na avenida é um espetáculo à parte como mostra a correspondente da SIC, no Rio de Janeiro, Ivani Flora

    Correspondente SIC

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06