sicnot

Perfil

Economia

Eurogrupo reúne-se com plano B de austeridade grego na agenda

Os ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) reúnem-se hoje, extraordinariamente, em Bruxelas, para tentarem um acordo sobre o novo pacote de medidas de austeridade na Grécia, no âmbito do terceiro resgate ao país.

Reuters

Em causa estão reformas que permitam a libertação de parcelas dos empréstimos internacionais, no quadro do terceiro resgate financeiro concedido à Grécia, em julho 2015.

Os credores internacionais impuseram a Atenas um novo plano de medidas, que representem 2% do PIB grego, que se soma a um primeiro, equivalente a 3% da economia do país.

O objetivo é obter um excedente primário (sem juros da dívida) de 3,5% do PIB, em 2018.

No domingo, o parlamento grego aprovou a reforma fiscal e de pensões, proposta pelo Governo de Alexis Tsipras, no âmbito dos compromissos assumidos com os credores internacionais do país.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, defendeu, no parlamento, no domingo, que o sistema aprovado na véspera da reunião do Eurogrupo, em Bruxelas, é "sustentável, sem afetar as pensões principais", e prometeu que, para mais de dois milhões de reformados, não haverá um único euro de corte na pensão.

A legislação proposta pelo Governo grego compõe-se de reformas das pensões, dos impostos diretos e dos indiretos, que permitirão economizar 5.400 milhões de euros por ano, para conseguir em 2018 um 'superavit' primário de 3,5 por cento do produto interno bruto (PIB), como prevê o programa do terceiro resgate.

Entretanto, Christine Lagarde, a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), um dos credores, considerou, numa carta enviada aos 19 ministros das Finanças do Eurogrupo e divulgada pelo Financial Times, que o plano de austeridade imposto a Atenas "não é credível" e também "não é desejável".

O Eurogrupo, em que Portugal está representado por Mário Centeno, deverá ainda abordar a possibilidade de um alívio da dívida grega, que é de 180% do PIB.

Lusa

  • Eurogrupo reúne-se 2ª feira para debater novas medidas de austeridade na Grécia

    Economia

    Os ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo) reúnem-se de urgência na segunda-feira, em Bruxelas, para debater o novo pacote de medidas de austeridade na Grécia e o alívio da dívida do país, que é de 180% do PIB. O ministro das Finanças grego apelou hoje aos parceiros da zona euro para que aprovem, durante a reunião do Eurogrupo de segunda-feira, as reformas decididas por Atenas, afirmando que isso ajudaria os investimentos e a recuperação daquele país.

  • Défice de 2016 fica nos 2,1%

    Economia

    O défice orçamental ficou nos 2,1% do PIB em 2016, em linha com o previsto pelo Governo. É o valor mais baixo em democracia. Está aberto o caminho ao fim do Procedimento por Défices Excessivos.

    Em desenvolvimento

  • Libertado o ex-Presidente egípcio Hosni Mubarak

    Mundo

    O ex-Presidente egípcio foi libertado hoje, depois de ter sido absolvido por um tribunal de recurso, no início deste mês. Hosni Mubarak estava agora confinado a um hospital militar. O antigo chefe de Estado tinha sido condenado em 2012 pela morte de manifestantes nos protestos da Primavera Árabe.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • "Nós aceitamos sempre os resultados das eleições"
    1:07

    País

    Durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa, o líder dos sociais-democratas garantiu que o partido tem fair-play mas disse que está nas eleições autárquicas para ganhar. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que o PSD aceita sempre os resultados das eleições.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Data e local da canonização serão anunciados a 20 de abril
    2:23

    País

    O Papa aprovou esta quinta-feira o decreto que valida o milagre atribuído a Francisco e Jacinta. A data e local da cerimónia da canonização dos pastorinhos serão anunciados a 20 de abril, na reunião de cardeais no Vaticano. O Bispo de Leiria/Fátima acredita que a cerimónia possa ser a 13 de maio, durante a visita do Papa a Fátima.