sicnot

Perfil

Economia

Eurogrupo vai debater reestruturação da dívida grega

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, disse hoje que o fórum de ministros das Finanças da zona euro vai debater "quando, se e em que condições" poderá ser reestruturada a dívida grega.

Reuters

Reuters

© Vincent Kessler / Reuters

"Vamos decididamente discutir se, quando, em que condições a restruturação da dívida deve ter lugar, se é necessária? Esta é uma primeira discussão sobre se podem haver medidas para sustentabilidade ou alívio da dívida e não espero conclusões definitivas para já", disse Dijsselbloem, falando à entrada do Conselho de Ministros das Finanças da zona euro.

O Eurogrupo voltará a este tema "depois de mais trabalho técnico ser feito", na próxima reunião ordinária, marcada para dia 24.

Em relação ao plano de contingência, Dijsselbloem reiterou que este entrará em ação automaticamente se o Orçamento grego descarrilar e integra o terceiro programa de resgate à Grécia, que foi negociado em julho de 2015.

A Grécia tem que chegar a um excedente primário de 3,5% do produto interno bruto (PIB) em 2018, tendo o Governo de Alexis Tsipras conseguido, no domingo, a aprovação parlamentar de reformas das pensões e dos impostos diretos e dos indiretos que permitirão economizar 5.400 milhões de euros por ano.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".