sicnot

Perfil

Economia

Cabify, concorrente da Uber, chega a Lisboa

Começa hoje a operar em Lisboa a Cabify, uma nova plataforma de transporte privado, concorrente da Uber. O secretário de Estado do Ambiente já disse que a operadora não tem cobertura legal para atuar em Portugal.

As associações de taxis consideram que a nova plataforma é ilegal, enquanto que a Uber diz que a concorrência é positiva para os consumidores e para as cidades

As associações de taxis consideram que a nova plataforma é ilegal, enquanto que a Uber diz que a concorrência é positiva para os consumidores e para as cidades

© Rafael Marchante / Reuters

http://www.cabify.es/

A plataforma espanhola de transporte privado Cabify, concorrente da Uber, vai estar disponível a partir de hoje em Lisboa, estando prevista para esta manhã a apresentação da empresa.

Segundo o site da Cabify, a empresa está já presente em cidades de Espanha, México, Colômbia, Chile e Peru e chega a Portugal quase duas semanas depois de uma manifestação de taxistas contra o serviço de plataformas como esta no país.

Ao nível de custo final para o cliente, de acordo com o mesmo site, o cálculo de uma viagem através desta plataforma tem em conta o ponto de partida e o ponto de chegada, independentemente do trajeto percorrido.

O secretário de Estado do Ambiente, José Mendes, já fez saber que aquela operadora não tem cobertura legal para atuar em Portugal.

Por seu lado, as associações representativas do setor do táxi (Antral e Federação Portuguesa do Táxi) também consideram que a Cabify está ilegal e irá prejudicar o mercado de serviços para os taxistas.

Já a Uber Portugal descreve a concorrência como "positiva para os consumidores e para as cidades portuguesas".

Com Lusa

  • As diferenças entre o táxi e o Uber
    3:04

    País

    O clima é de tensão entre taxistas e motoristas da Uber dura há vários meses. Na noite passada a SIC viajou com a Uber e de táxi por Lisboa. Ouviu as queixas e os receios de ambas as partes.

  • Taxistas criam grupo de trabalho para lidar com concorrência da Uber
    0:33

    País

    Uma semana depois da manifestação contra a Uber que paralisou Lisboa e Porto, taxistas e Governo reuniram esta manhã. À saída do encontro com o ministro do Ambiente, a Antral e a Federação Portuguesa do Táxi esclarecem apenas que foi criado um grupo de trabalho para discutir soluções para um enquadramento de outras plataformas.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.