sicnot

Perfil

Economia

Costa admite que medidas adicionais podem ser aplicadas já este ano

Costa admite que medidas adicionais podem ser aplicadas já este ano

Costa revelou, esta noite, à SIC que há um plano B com medidas adicionais que serão aplicadas já este ano, caso a execução das contas públicas corra mal. Ainda assim, o primeiro-ministro continua sem explicar as medidas concretas de aumento de impostos e corte de prestações sociais.

O Governo vai rejeitar as sanções da União Europeia por défice excessivo. António Costa diz que não é justo que os Portugueses tenham sanções depois de tanto esforço, além disso diz que foi a própria Comissão Europeia a apoiar essas medidas de austeridade.

Em entrevista à SIC, António Costa lembra que Bruxelas prevê, numa visão cética, um défice de 2,7%, que a ser cumprido será um dos melhores dos últimos anos. O primeiro-ministro garante que o Governo está a fazer um esforço para relançar a economia contraciclo e que o desemprego subiu porque muitas pessoas que estavam inativas começaram agora à procura de emprego por se sentirem mais motivadas.

Sobre a quebra nas exportações, António Costa garante que há investidores e confiança para investir em Portugal já que "foram batidos todos os recordes de sempre em investimentos candidatados". O chefe do Governo afirma ainda que está a cumpir os compromissos assumidos mas com outras políticas.

  • António Costa garante que o governo vai cumprir todos os contratos de associação em vigor com colégios privados
    4:17

    País

    Sobre a polémica dos contratos de associação entre o Estado e os colégios privados e as dúvidas levantadas pelo Presidente da República sobre a matéria, o primeiro-ministro garante que os contratos existentes vão ser executados até ao final. António Costa disse ainda que estas instituições representam apenas 3% dos colégios privados e que será afeita uma avaliação caso a caso. Segundo o primeiro-ministro, no próximo ano vão mesmo existir mais turmas apoiadas por estes contratos.

  • "Devemos ter uma atitude aberta a todas as soluções" para o Novo Banco
    10:38

    Economia

    António Costa considera que a atitude a ter perante a situação do Novo Banco deve ser a de abertura a todas as soluções e optar pela que resultar em menos custos para os contribuintes. Sobre a criação do "banco mau", durante a entrevista desta noite na SIC e SIC Notícias, o primeiro-ministro disse que o Governo e o Banco de Portugal têm estado a trabalhar desde janeiro e que o relatório final deverá ser apresentado a 16 de junho. Também questionado sobre a Caixa Geral de Depósitos, garantiu que "a opção é manter a Caixa como um banco 100% público" e que "tal como não deve ser favorecido, um banco público não deve ser prejudicado."

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.