sicnot

Perfil

Economia

Jerónimo afirma desconhecer medidas adicionais que possam surgir

Jerónimo afirma desconhecer medidas adicionais que possam surgir

Jerónimo de Sousa diz que desconhece quaisquer medidas adicionais que o PS venha a planear. O líder comunista afirmou ainda que o partido não irá acompanhar essas medidas, caso coloquem em causa dos compromissos com a população portuguesa. As declarações foram feitas após uma reunião com os representantes da Confederação das Cooperativas Agrícolas.

  • Costa admite que medidas adicionais podem ser aplicadas já este ano
    2:28

    Economia

    Afinal há mesmo um plano B com medidas adicionais que serão aplicadas já este ano, caso a execução das contas públicas corra mal. A revelação foi feita pelo primeiro-ministro, em entrevista à SIC. Ainda assim, António Costa continua sem explicar as medidas concretas de aumento de impostos e corte de prestações sociais.

  • PSD lembra que Costa disse que não havia plano B
    0:43

    País

    Luís Montenegro lembrou que o primeiro-ministro disse que não existia um plano B, em reação à entrevista de António Costa à SIC. O deputado do PSD disse, ainda, que o país não merece um primeiro-ministro que diga uma coisa diferente em cada quinze dias.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.