sicnot

Perfil

Economia

Ministro das Finanças diz que subida da taxa de desemprego é uma flutuação pequena

O ministro das Finanças, Mário Centeno, disse esta quarta-feira, em Berlim, que a subida da taxa de desemprego no primeiro trimestre de 2016 mostra "flutuações muito pequenas", explicadas pela aproximação de mão-de-obra ao mercado de trabalho em Portugal.

JO\303\203O RELVAS

"Nestes momentos de recuperação da população ativa, às vezes a taxa de desemprego pode subir duas décimas, pode estabilizar, pode cair duas décimas mas são sempre flutuações muito pequenas face aquilo que é a tendência longa dos agregados. Eu esperaria que a taxa do desemprego, passada esta fase de arranque em que as pessoas se aproximam do mercado de trabalho, volte a cair", explicou.

Segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística, a taxa de desemprego subiu 0,2 pontos percentuais para 12,4% no primeiro trimestre deste ano face ao anterior, ficando 1,3 pontos percentuais abaixo do trimestre homólogo de 2015.

Em declarações à agência Lusa, em Berlim, Mário Centeno afirmou que a evolução positiva da taxa de desemprego registada no final de 2015 deveu-se a um esvaziamento do mercado de trabalho, potenciado "pela saída de pessoas que não têm nem emprego, nem estão desempregadas".

"O grande fluxo de emigração que se observou ao longo dos últimos quatro anos e meio justifica uma parte muito significativa da melhoria do desemprego e isso é um fenómeno que, quando se inverte, tende a criar mais dificuldades na queda taxa de desemprego", referiu.

O arranque da economia em 2016 "vai levar o seu tempo", afirmou Centeno, adiantando que há indicadores positivos que atestam algum crescimento: "o turismo e o setor dos serviços, que está em níveis de confiança máximos desde um período muito anterior à crise de 2008".

O ministro das Finanças indicou que existem indicadores mais preocupantes como "a dificuldade em fazer crescer o investimento" mas, relativamente à taxa de desemprego, disse que a expetativa do executivo é que volte a cair a prazo.

De acordo com as estatísticas do emprego hoje divulgadas pelo INE, a população desempregada, estimada em 640,2 mil pessoas, aumentou 1,0% em relação ao trimestre anterior (mais 6,3 mil pessoas) e diminuiu 10,2% face ao primeiro trimestre de 2015 (menos 72,7 mil pessoas).

A taxa de desemprego tinha já subido de 11,9% no terceiro trimestre para 12,2% no último trimestre do ano passado.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.