sicnot

Perfil

Economia

Nissan vai adquirir 34% da Mitsubishi Motors por 1,9 mil milhões de euros

O construtor de automóveis japonês Nissan vai adquirir, por via de aumento de capital, 34% do seu compatriota Mitsubishi Motors, que se vê envolvido num escândalo de fraude, por 1,9 mil milhões de euros, segundo documentos oficiais hoje publicados.

© Toru Hanai / Reuters

Nas informações transmitidas à Agência de Serviços Financeiros (FSA) e consultadas pela agência de notícias francesa France Presse, a Mitsubishi Motors explica que vai emitir para a Nissan 506,6 milhões de ações ordinárias, a um preço de 468,52 yens a unidade, o que corresponde a um montante total de 237,36 mil milhões de yens (1,9 mil milhões de euros).

As ações da Mitsubishi Motors valiam 495 yens na quarta-feira, pouco antes dos relatórios das reuniões entre os dois grupos, valor que cresceu 16,16% na quinta-feira para 575 yens, depois de confirmadas as negociações.

O acordo selando a aquisição por parte da Nissan deverá ser assinado até 25 de maio, para uma transação que tem de estar efetivada em outubro.

Com esta operação, a Nissan Motors vai tornar-se o maior acionista da Mitsubishi Motors Corporation (MMC), frente à Mitsubishi Heavy Industries Group, que detém 20% das ações.

Está agendada para a tarde de hoje uma conferência de imprensa conjunta entre os dois grupos, em Yokohama, no Japão.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • Mais de duas mil pessoas retiradas do fogo junto ao parque Doñana, no Sul de Espanha

    Mundo

    O incêndio florestal começou ainda na noite deste sábado na aldeia de Las Peñuelas de Moguer, na província de Huelva e obrigou à evacuação de várias localidades e à retirada de mais de duas mil pessoas, de vários alojamentos turísticos (incluindo o Parador de Mazagon, dois parques de campismo e um hotel). Foi ainda ativado o plano de emergência da província.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.