sicnot

Perfil

Economia

Prejuízo da brasileira Oi quase quadruplica para 415 milhões de euros

A operadora de telecomunicações brasileira Oi, cujo maior acionista é a portuguesa Pharol, registou um resultado líquido negativo de 1,644 mil milhões de reais (415 milhões de euros) no primeiro trimestre, um aumento homólogo de 268% do prejuízo.

(Reuters/Arquivo)

Segundo a informação enviada pela Pharol à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o resultado líquido da Oi foi "impactado maioritariamente pelo resultado financeiro".

As receitas totais fixaram-se nos 6,755 mil milhões de reais (1,7 mil milhões de euros), uma queda de 4% face ao primeiro trimestre de 2015.

A dívida líquida fixou-se em 40,844 mil milhões de reais (10,3 mil milhões de euros), "impactada principalmente pelos resultados financeiros, taxa anual regulatória (FISTEL) e pelo aumento nos investimentos", informou a operadora brasileira.

Já o investimento (CAPEX) cresceu 22,2% para 1,2 mil milhões de reais (316 milhões de euros) entre janeiro e março.

Lusa

  • Espanha e Portugal a um ponto dos oitavos

    Mundial 2018 / Irão

    A Espanha colocou-se esta quarta-feira a um ponto dos oitavos de final do Mundial 2018 e deixou Portugal em situação idêntica, ao vencer o Irão por 1-0, em jogo do grupo B, disputado em Kazan.

  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Lançamento de balões no São João do Porto em risco

    País

    Lançar balões nas festas do São João do Porto pode não ser possível este ano, tudo irá depender das condições atmosféricas. A Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural admitiu, esta quarta-feira, que está a acompanhar a situação mas que ainda nada está decidido.