sicnot

Perfil

Economia

Volkswagen reduz as vendas em 2% até abril

A Volkswagen, a marca principal do grupo automóvel com o mesmo nome, reduziu as vendas nos quatro primeiros meses do ano em 2% para 1.936.200 unidades, devido às quedas no Brasil, Rússia e Estados Unidos.

Z1018/_Ralf Hirschberger

O grupo, que integra também as marcas Audi, Porsche e Seat, informou hoje que as vendas da sua principal marca nos Estados Unidos baixaram entre janeiro e abril para 96.400 unidades, uma redução de 11,7% em comparação com o mesmo período de 2015.

Nos primeiros quatro meses deste ano, as vendas no Brasil caíram 35,8% (80.900 unidades) e na Rússia baixaram 10,2% (21.800 unidades).

Na Europa, as vendas da marca Volkswagen mantiveram-se estáveis até abril em 579.500 unidades, mas na Alemanha registaram um recuo de 3,4% para 191.300 unidades.

Na China, a Volkswagen vendeu entre janeiro e abril 939.400 veículos da sua principal marca, 4,4% mais.

A queda das vendas desta marca em todo o mundo em abril foi de 3,9%.

"A marca Volkswagen tem crescido apenas na China e na Europa Central e Oriental", disse o diretor de vendas da marca, Jürgen Stackmann.

Em setembro passado, a Volkswagen foi envolvida num escândalo de manipulação de emissões poluentes, um caso que foi divulgado nos Estados Unidos.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.