sicnot

Perfil

Economia

Governo angolano quer potenciar voos domésticos com operador próprio

O Governo angolano pretende avançar com a criação de uma nova companhia aérea que ficará responsável pelos voos domésticos, operando com aeronaves de menor dimensão, disse à Lusa o secretário de Estado da Aviação Civil, Mário Miguel Dominguês.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

As ligações entres as 18 capitais de província (desde Luanda) são atualmente garantidas pela TAAG, que tem a sua principal atividade nos voos internacionais, nomeadamente para a Europa, América e Ásia, que opera com aeronaves de grandes dimensões (737 e 777).

A solução de criar uma nova empresa surge precisamente para especializar este tipo de ligação aérea e melhorar o desempenho financeiro da companhia de bandeira TAAG, em processo de reestruturação agora com a gestão a cargo da transportadora Emirates.

"É um processo que está na estratégia do Governo, está a equacionar-se no sentido de criar competitividade aérea. A separação dos dois segmentos visa permitir que o doméstico venha a ser mais potenciado e com aeronaves de menor porte, permitindo maior rotatividade", explicou o governante, em declarações à Lusa, em Luanda.

Além da transportadora aérea de bandeira, TAAG, também a Sonair, empresa do grupo estatal petrolífero Sonangol, efetua ligações internas, tendo assegurado mais de 46.700 horas de voo em 2014, de acordo com dados oficiais.

Na sequência de críticas das províncias à falta de ligações aéreas por parte da TAAG, a própria administração da companhia pública reconheceu em 2015 que viu reduzida a sua frota para voos domésticos de oito para cinco aeronaves.

Em contrapartida, o número de aeroportos regionais em Angola tem vindo a aumentar, com várias inaugurações e remodelações nos últimos anos.

A solução para acabar com estas queixas do serviço e para potenciar a operação, segundo o Governo angolano, passará pela separação dos dois serviços aéreos, estando em curso um estudo para "definir o modelo que vai ser executado e o tipo de organização".

"Em princípio é um novo operador doméstico que se pretende. Ainda não sabemos o figurino, porque ainda estamos a estudar", disse o secretário de Estado da Aviação Civil, Mário Miguel Dominguês, sem adiantar prazos.

Lusa

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus pais e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Carro "desgovernado" entra em loja e atropela cliente

    Mundo

    O cliente de um mini-mercado no condado de Bronx, em Nova Iorque, sobreviveu de forma incrível ao impacto de um automóvel que entrou loja adentro. Apesar da violência das imagens, o homem sobreviveu e conseguiu mesmo sair da loja pelo próprio pé até ser transportado para o hospital.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.

  • Pulseira deixa sentir os movimentos do bebé ainda na barriga da mãe

    Mundo

    A pulseira Fibo permite que os futuros pais (ou mães) consigam sentir os seus filhos a dar pontapés ainda na barriga da mãe. Desenvolvida por um designer de joias da Dinamarca, a pulseira vai transmitir os movimentos do bebé no útero, de modo a que os pais possam partilhar essa experiência da gravidez.