sicnot

Perfil

Economia

Governo e camionistas discutem hoje desconto no gasóleo

O Governo e as associações de transportadores rodoviários de mercadorias reúnem-se hoje depois da publicação, na quinta-feira, da portaria que atualiza a taxa do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP), reduzindo o valor em um cêntimo.

A reunião, entre o ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e a Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas (ANTP) tem um ponto único, mas poderá não ser pacífica.

Da agenda do encontro, previsto para as 17:30, consta a análise das recentes medidas anunciadas pelo executivo relativas ao desconto no gasóleo para transportadoras, a aplicar em três zonas da fronteira com Espanha, cujo arranque está previsto para o mês de julho, mas a redução do ISP deverá ser colocada pelas associações.

A portaria que atualiza a taxa do ISP, reduzindo o valor em um cêntimo, foi publicada ao final da noite de quinta-feira no Diário da República. Em resultado da portaria, aplicável à gasolina com teor de chumbo igual ou inferior a 0,013 gramas por litro e ao gasóleo, é determinada a redução em um cêntimo do ISP.

Esta decisão do executivo levou a ANTRAM a dizer, em declarações à agência Lusa, que "não concorda com o mecanismo", embora a redução em um cêntimo corresponda "ao que já tinha anunciado".

"Agora, não estamos de acordo com o aumento que precedeu esta redução e que tem na base das reivindicações da associação e das recentes reuniões com o Governo", declarou Pedro Polónio.

Em abril, o Governo tinha anunciado que ia criar descontos para as transportadoras de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT (vias sem custo para o utilizador) do interior.

A revisão do ISP acontece três meses depois de o Governo ter aumentado o ISP em seis cêntimos por litro de gasolina e de gasóleo.

Segundo o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, em declarações à Lusa, estas atualizações do ISP representam um decréscimo de 44 milhões de euros na receita deste imposto.

No texto da portaria é adiantado que a redução da receita do ISP é "tendencialmente compensada" pelo acréscimo da receita do imposto sobre o valor acrescentado, que decorre do aumento verificado nos preços dos combustíveis.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".