sicnot

Perfil

Economia

Governo e camionistas discutem hoje desconto no gasóleo

O Governo e as associações de transportadores rodoviários de mercadorias reúnem-se hoje depois da publicação, na quinta-feira, da portaria que atualiza a taxa do Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP), reduzindo o valor em um cêntimo.

A reunião, entre o ministro Adjunto, Eduardo Cabrita, a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) e a Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas (ANTP) tem um ponto único, mas poderá não ser pacífica.

Da agenda do encontro, previsto para as 17:30, consta a análise das recentes medidas anunciadas pelo executivo relativas ao desconto no gasóleo para transportadoras, a aplicar em três zonas da fronteira com Espanha, cujo arranque está previsto para o mês de julho, mas a redução do ISP deverá ser colocada pelas associações.

A portaria que atualiza a taxa do ISP, reduzindo o valor em um cêntimo, foi publicada ao final da noite de quinta-feira no Diário da República. Em resultado da portaria, aplicável à gasolina com teor de chumbo igual ou inferior a 0,013 gramas por litro e ao gasóleo, é determinada a redução em um cêntimo do ISP.

Esta decisão do executivo levou a ANTRAM a dizer, em declarações à agência Lusa, que "não concorda com o mecanismo", embora a redução em um cêntimo corresponda "ao que já tinha anunciado".

"Agora, não estamos de acordo com o aumento que precedeu esta redução e que tem na base das reivindicações da associação e das recentes reuniões com o Governo", declarou Pedro Polónio.

Em abril, o Governo tinha anunciado que ia criar descontos para as transportadoras de mercadorias em postos de gasolina em três zonas de fronteira com Espanha e nas antigas SCUT (vias sem custo para o utilizador) do interior.

A revisão do ISP acontece três meses depois de o Governo ter aumentado o ISP em seis cêntimos por litro de gasolina e de gasóleo.

Segundo o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade, em declarações à Lusa, estas atualizações do ISP representam um decréscimo de 44 milhões de euros na receita deste imposto.

No texto da portaria é adiantado que a redução da receita do ISP é "tendencialmente compensada" pelo acréscimo da receita do imposto sobre o valor acrescentado, que decorre do aumento verificado nos preços dos combustíveis.

Lusa

  • Sessão solene no Parlamento e desfile popular nas comemorações do 25 de Abril

    País

    Os 43 anos da Revolução dos Cravos são hoje comemorados com a sessão solene no Parlamento e o tradicional desfile popular, tendo o Presidente da República escolhido o 25 de Abril para condecorar, a título póstumo, Francisco Sá Carneiro. A SIC Notícias acompanha esta manhã a sessão solene na Assembleia da República. Veja aqui em direto.

  • Desconhecem-se as causas do incêndio na fábrica da Tratolixo
    0:43

    País

    Os moradores de Trajouce, em São Domingos de Rana, não ganharam para o susto com um incêndio nas instalações da empresa de resíduos Tratolixo.O alerta foi dado por populares e trabalhadores da empresa. O vento foi o maior problema dos bombeiros no combate às chamas durante a noite. No local estiveram 133 homens, apoiados por 51 viaturas.Desconhecem-se para já as causas do incêndio. O incêndio foi circunscrito de madrugada, mas pode demorar algumas horas a ser dominado.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Duas execução no mesmo dia pela primeira vez em 17 anos nos EUA

    Mundo

    O estado norte-americano do Arkansas (sul) executou, na noite de segunda-feira, dois condenados à morte, o que sucede pela primeira vez em 17 anos no país, anunciou a procuradora-geral daquele estado. Jack Jones e Marcel Williams, condenados separadamente na década de 1990 à pena capital por violação e assassínio, receberam uma injeção letal depois de diferentes tribunais terem rejeitado os respetivos recursos, afirmou Leslie Rutledge, em comunicado.