sicnot

Perfil

Economia

Tribunal da Relação confirma condenação de João Rendeiro

João Rendeiro, antigo administrador do Banco Privado Português, vai ter de pagar um milhão e meio de euros de multa aplicada pelo Banco de Portugal e ficar 10 anos sem poder exercer cargos no setor financeiro. O Tribunal da Relação confirmou a decisão do supervisor bancário, que tinha sido contestada pelo ex-administrador no Tribunal da Concorrência, em Santarém.

O antigo presidente do Banco Privado Português, João Rendeiro. (Arquivo)

O antigo presidente do Banco Privado Português, João Rendeiro. (Arquivo)

LUSA

No espaço de semanas esta é a segunda derrota do ex-banqueiro e dos outros antigos gestores do BPP.

Em março, a Relação de Lisboa já tinha confirmado as contraordernações aplicadas pela Comissão de Mercados de Valores Mobiliários. João Rendeiro foi condenado, na altura, a pagar um milhão de euros de coima.

  • A homenagem a Mário Soares no congresso do PS
    2:30
  • Costa defende legalização da eutanásia como forma de "alargar a liberdade"
    0:42
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC