sicnot

Perfil

Economia

Centeno diz que é necessária uma supervisão "que funcione melhor"

Centeno diz que é necessária uma supervisão "que funcione melhor"

O ministro das Finanças defendeu mudanças no modelo de supervisão. Entre críticas ao Banco de Portugal, Mário Centeno disse que a experiência recente é dececionante e que é necessária uma supervisão que funcione melhor que no passado. As declarações de Centeno foram proferidas durante uma conferência sobre o setor bancário que se realizou hoje, em Lisboa.

  • PR defende criação de banco mau para limpar ativos tóxicos e créditos incobráveis
    2:16

    Economia

    O Presidente da República defende a criação de um banco mau para livrar os bancos dos ativos tóxicos e dos créditos incobráveis. Marcelo Rebelo de Sousa sublinha, no entanto, que esse caminho não pode trazer custos incomportáveis para os contribuintes. Uma posição defendida também pelo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, numa conferência sobre o futuro do setor financeiro.

  • Marcelo contesta eventual multa de Bruxelas a Portugal
    1:13

    Economia

    O Presidente da República defende que a Comissão Europeia não deve aplicar qualquer multa a Portugal por ter falhado a meta do défice do ano passado. Bruxelas está a estudar esta hipótese, já que o país ficou com um défice acima dos 3 por cento em 2015. Numa conferência sobre o futuro dos bancos, onde participam também responsáveis europeus, Marcelo Rebelo de Sousa lembra o esforço feito pelos portugueses durante os últimos 4 anos.

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.