sicnot

Perfil

Economia

Centeno diz que é necessária uma supervisão "que funcione melhor"

Centeno diz que é necessária uma supervisão "que funcione melhor"

O ministro das Finanças defendeu mudanças no modelo de supervisão. Entre críticas ao Banco de Portugal, Mário Centeno disse que a experiência recente é dececionante e que é necessária uma supervisão que funcione melhor que no passado. As declarações de Centeno foram proferidas durante uma conferência sobre o setor bancário que se realizou hoje, em Lisboa.

  • PR defende criação de banco mau para limpar ativos tóxicos e créditos incobráveis
    2:16

    Economia

    O Presidente da República defende a criação de um banco mau para livrar os bancos dos ativos tóxicos e dos créditos incobráveis. Marcelo Rebelo de Sousa sublinha, no entanto, que esse caminho não pode trazer custos incomportáveis para os contribuintes. Uma posição defendida também pelo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, numa conferência sobre o futuro do setor financeiro.

  • Marcelo contesta eventual multa de Bruxelas a Portugal
    1:13

    Economia

    O Presidente da República defende que a Comissão Europeia não deve aplicar qualquer multa a Portugal por ter falhado a meta do défice do ano passado. Bruxelas está a estudar esta hipótese, já que o país ficou com um défice acima dos 3 por cento em 2015. Numa conferência sobre o futuro dos bancos, onde participam também responsáveis europeus, Marcelo Rebelo de Sousa lembra o esforço feito pelos portugueses durante os últimos 4 anos.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.